Pureza

Marcia Mah

PUREZA
Marcia Mah

Penerô, penerô, penerô
Meu amor penerô
Na peneira do olhar só ficô
O que tinha de bom

Balanço, balanço na bateia
Onde a água levô toda dor
O que ficô foi só joia rara
Do que foi nosso amor

Queimei folhas de louro
E galhos de alecrim
Todo mal que escondia
Já não há mais em mim

E voou com o vento
Com o vento voou
A semente da felicidade
Que a peneira soprou, penerô

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (4)

Fotos (35)

Clipes (43)

Release

Cantora, compositora e pesquisadora sorocabana, com graduação em Filosofia, Canto Lírico e MPB/JAZZ, trabalha no estudo e criação musical inspirada na diversidade cultural brasileira, interagindo diversas linguagens como a dança, o teatro, o meio ambiente e a sociologia. Do pop ao regional, sua música dialoga com a história e com a arte.