Álbum em destaque

Bastidores de uma Vida Aleatória

Lançamento: 6/12/2016

Músicas: 12

Muita Fé

Marcão Baixada

Acordei de um sonho louco
Tava na pista de rolé e de repente, um pipoco
Tava vendo a vida passando e me atingindo com um soco
Dei um pulo da cama decidido a não ter pouco
Lembrei d'uma quadrilha que mandava brasa
Roubava caminhão, esse bonde arrasa
Foram seguido, trocou tiro igual faixa de gaza
O chefão morreu na porta de casa
Aquele outro assinou 33
O filho do polícia virou seu freguês
Ia parar pra não ter que voltar pro xadrez
Mas a morte veio antes, era sua vez
Cresci ouvindo os papo na esquina
Que pra quem vem da onde eu vim só existe uma sina
Um oitão na cintura de capuz na neblina
E pra mudar essa rotina, só intervenção divina

É a cidade desespero
Os verme vem pelo cheiro
Achando que faz o que quiser
Só que Deus é brasileiro
E pra se manter inteiro
Tá ligado que é muita fé
É a cidade desespero
Os verme vem pelo cheiro
Achando que faz o que quiser
Só que Deus é brasileiro
E pra se manter inteiro
Tá ligado que é muita fé

Era o mais zoado da sala, agora fala?
Fala nada, hoje, os otários se cala
Tá ouvindo o som da bala?
O ego é grande e eu fodo o game tipo kid bengala
Eu andava de praça em praça
Com frio, mas tinha cachaça. Tu sabe, eu tava na caça
De vencer, mas sem trapaça
Eu queria falar pra massa. Tu sente que a rua abraça
Seguindo a meta com a visão de cria
Tava no jogo pra ter a vida que eu queria
No caminho, eu encontrei manos de correria
Entrei em cena, pra não ter que entrar numa fria
E agora você sabe o meu nome
Eu tô morando na tua mente, eu entrei pelo fone
Se tu entende o que eu falo, tu entende a minha fome
Porque aqui a pobreza mata mais que esses drone, mata mais que esses drone
Mata mais que esses drone
Mata mais que esses drone, mata mais que esses drone

E hoje o telefone tocou
Quem era? Foi o destino que ligou
Espera, o que que foi que ele falou?
Prospera; e que quem sustenta caô, já era
Tô bolando novos planos
E os mano tão andando tudo nos pano
E os mano se dando bem sem precisar do cano, mano
Nessa função não se pode ter engano, mano
E querem que eu seja um canalha
Porque tudo que eles tão esperando, é uma falha
Mas nunca peidei pra batalha
Isso é sobre ter honra, independente de medalha
Agora eu sou empreendedor
Trabalhando pros nossos filho não sentir nossa dor
Deus tá vendo a luta, mesmo eu sendo pecador
Porque a favela tá de pé, muita fé, morador
Muita fé, morador, muita fé morador
Muita fé morador, muita fé morador
Muita fé morador, muita fé morador
Muita fé morador, muita fé morador

É a cidade desespero
Os verme vem pelo cheiro
Achando que faz o que quiser
Só que Deus é brasileiro
E pra se manter inteiro
Tá ligado que é muita fé
É a cidade desespero
Os verme vem pelo cheiro
Achando que faz o que quiser
Só que Deus é brasileiro
E pra se manter inteiro
Tá ligado que é muita fé

Músicas mais acessadas

Agenda de shows

Álbuns e Singles/EPs  (18)

Fotos (68)

Clipes (10)

Release

Orgulho. Do que viveu e de quem se tornou. Marcão Baixada carrega o lugar onde nasceu no nome. A carreira do jovem rapper conta com passagens pelo Circo Voador, Batalha do Real, no evento Rio+20, no clube Le Quai’Son (França), além de ter ganho o “Take Back the Mic”, conhecido como a Copa do Mundo do Hip Hop, realizado em Miami.

Seu EP de estreia, “Itinerante” (2014), produzido durante workshops de produção musical no Instituto Enraizados, contou com os singles “Final Feliz” e “Selva”, tendo o último a participação de Luccas Carlos e que contabiliza mais de 65 mil plays no Spotify. No mesmo ano, com o clipe “Baixada em Cena” ele ganhou destaque nas páginas de dois dos mais importantes jornais cariocas, O Globo e Extra.

No ...

Continuar lendo>>