Manu LittieryInsônia1.073 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
cancelar

Seu comentário foi publicado. Visualizar

Iniciando música ~ em
    1 / 2

    Insônia

    Manu Littiery

    Já amanheceu
    E a chuva veio me lembrar
    Que eu quero acreditar
    Que vou conseguir dormir
    As paredes vão dizer
    O que eu não quero mais ouvir
    Eu lavo as minhas mãos
    E deixo o sangue escorrer
    Eu lavo as minhas mãos

    Hoje eu escolhi viver.
    Insônia, insana.
    E o sol já vai gritar,
    Aquela chuva vai chorar,
    Os pássaros vão berrar,
    Mas eu nada vou escutar
    Eu não escuto nada.
    Não quero mais pensar
    Na lógica da tempo
    As horas não me dizem nada
    Eu sei o que eu quero
    Me conte uma história
    Eu lavo as minhas mãos.
    Insônia, insana.

    O sol já vai gritar,
    Aquela chuva vai chorar,
    Os pássaros vão berrar,
    Mas eu nada vou escutar
    Eu não escuto nada
    Agonia da insônia que me assalta.
    Insônia, insana,

    Músicas mais acessadas

    Fotos (6)

    Release

    Com estilo único de compor músicas fortes com sentimentos estridentes, Manu é a grande promessa do Rock em 2011

    Resultado de um trabalho de três anos de pesquisa e composição musical, o álbum A Menina do Espelho é o primeiro da carreira de Manu Littiery. Envolvida com música, cinema e teatro desde a infância, a cantora e compositora, hoje com 26 anos, adota o rock como base de sua produção musical, influenciada ainda por ritmos como Dream Theater, The Runaways e até um pouco de Iron Maiden.

    O álbum leva esse nome, porque todas as canções falam sobre coisas que passei, sobre coisas que acredito e fazem sentido pra mim. Todas elas são completamente o meu reflexo, conta Manu.

    Primeiros frutos do trabalho de composição da cantora ao lado do ...

    Continuar lendo>>