Lud Tonnera & Os Poetas Mudos01 Simplesmente Ser1.752 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 4

01 Simplesmente Ser

Lud Tonnera & Ana Paula Oliveira

O vento trás , o vento leva
O pensamento voa
O vento trás, o vento leva
Como frases de Fernando Pessoa

As juras de amor que não fiz
Aquilo que não prometi
Se revela ao luar
Se revela junto ao mar

Jamais vou voltar
A ser o que sou
A ser quem eu sou
Ou simplesmente ir
Jamais vou voltar
A ser o que sou
A ser quem eu sou
Ou simplesmente...

Ser o que sou
Ser quem eu sou
Ser o que sou
Ser...

Ser vivo, ou estar vivo
Não quero ser um nada
Estou exausta
Digo "não" ao inconstante
Desejos, objetivos,palavras certas
Anseio pelo ser

As juras de amor que não fiz
Aquilo que não prometi
Se revela ao luar
Se revela junto ao mar

Jamais vou voltar
A ser o que sou
A ser quem eu sou
Ou simplesmente ir
Jamais vou voltar
A ser o que sou
A ser quem eu sou
Ou simplesmente...

Ser o que sou
Ser quem eu sou
Ser o que sou
Ser...

Músicas mais acessadas

Fotos (12)

Release

Lud Tonnera e Os Poetas Mudos surgiram quando dois amigos Ludmilla (voz e violão) e Tiago (guitarra e violão) se reencontraram graças à internet e resolveram fazer um som, e trocar informações musicais. Logo depois conheceram Pedro Ivo (bateria e percussão) e começaram os ensaios.

Depois de arranjadas, foram escolhidas as 4 músicas da 1° DEMO da banda. Logo em seguida, a DEMO foi gravada com músicas recheadas de letras que falam do cotidiano, e amor com um toque de ironia.Ainda sem baixista, um velho amigo regressa pra se juntar a eles, Leone(contrabaixo) que fica fixo na banda.

A forma poética como vêem a vida fez com que 2 poemas se transformassem em canções da DEMO, são elas: "Simplesmente Ser" e "O Silencio do Poeta" escritas pela amiga ...

Continuar lendo>>