Astigmatismo

Loubet

Se não me ama diz na minha cara
Não precisa agir assim
Cada mau trato é o principio do fim
Não quero ouvir de um telefonema seu
Eu já amei já fui muito magoado
Aprendi com os meus erros
Sentimento machucado
É noite de pesadelo
E todo esse sofrimento
Eu não quero mais passar
Mas acontece que a gente não controla nosso próprio coração
Começa a bater asas sem saber a direção
Mesmo sabendo os perigos, vai de novo se entregar
Por isso eu te peço
Que termine logo
Não faça seu jogo
Não brinque com amor
Já que os meus carinhos
Não tem mais efeito
Foi tudo perfeito, mas sei que acabou
Então seja sincera que fale já era
E não ligue se por acaso eu chorar
É o astigmatismo que me prejudica
Junto com a dor de nunca mais
Te amar

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (6)

Fotos (12)

Clipes (20)

Release

Vindo de uma família humilde e nascido em Bela Vista, Mato Grosso do Sul, Loubet é apaixonado por música desde pequeno. Com três anos, ele cantarolava as canções que ouvia no rádio. Aos 16, começou a compor, e tinha como inspiração a rica natureza da fazenda onde trabalhava na época. Atualmente, já soma mais de cem composições e esse número só tende a aumentar. Com 17 anos, ganhou o primeiro violão de uma amiga, logo aprendeu a tocar e sua paixão pela música começou a falar mais alto.

O menino tímido e de voz grossa, que já trabalhou como domador de cavalos, vendedor e cobrador, nas horas vagas passou a se apresentar em barzinhos. No repertório, músicas de viola e modas apaixonadas, e seu talento já chamava a atenção de ...

Continuar lendo>>