Contrate

Forrozão Promoções e Talismã Produções

(81) 3467-8240

E não Pensou

Batista e Simara

Niguém pode te amar como eu te amei
Niguém pode abrir o que eu fechei
Só eu tenho a chave da porta
Que abre o teu coração
Nada no mundo pode mudar tudo o que sinto
não quero saber se você já tem outro do seu lado
Niguém pode te amar como eu te amei
Niguém pode abrir o que eu fechei
Só eu tenho a chave da porta
Que abre o teu coração

Nada no mundo me faz mudar não tô arrependida
Já estou com outro, outro amor encontrei
na minha vida
Niguém nunca vai dar o que eu te dei
Niguém nunca te amou como eu te amei
Me devolve a chave da porta que abre o meu coração
Devolva a chave do meu
Niguém amor vai te amar como eu te amei
Niguém vai abrir o que fechei
Vou lutar, com todas as forças do meu coração
Vou lutar, mais só eu tenho a chave da porta
Niguém pode te amar como eu te amei
Niguém pode abrir o que eu fechei
Só eu tenho a chave da porta
Niguém nunca vai dar o que eu te dei
Niguém nunca te amou como eu te amei
Me devolve a chave da porta que abre o meu coração
Devolva achave do meu coração
Não dou a chave do teu coração
Niguém pode te amar!

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (2)

Fotos (10)

Clipes (2)

Release

Um sonho sem limites e fronteiras. A vontade de inovar angariando merecidamente o reconhecimento em defender um legado nordestino. Tais circunstâncias foi de imediato uma pedra fundamental para o jovem empresário e radialista Ailton Souza, em sonhar de olhos abertos o significado de uma nova perspectiva de mercado, quando apostou todas as fichas na criação da banda de baile Talismã Musical em Salgueiro (PE) em 1980. Era o início de uma era que marcou gerações ao longo do tempo.

A banda Talismã ganhou notoriedade e satisfação do público, tornando-se o mais cogitado grupo musical do Sertão pernambucano. Foram mais de uma década animando festas e eventos na região, cultivada por um seleto repertório composto pelo rock, MPB, samba, forró e blues, priorizando inúmeras canções românticas de Roberto Carlos e Fábio ...

Continuar lendo>>