Tá na moda

João Felipe Raposo

"Rio de Janeiro, minha praia
Meu canteiro
Terra que inspira samba
Ou poesia o dia inteiro
É assim que eu gosto
Muito amor no coração!
Muito violão, positividade
Eu nasci pra felicidade de você"

Num dia de sol, numa tarde de domingo
Você achar normal continuar dormindo?
De manhã na areia dando passos contra o vento
Juntos numa direção e num só pensamento

O clima tá no ar, o universo a favor
Está conspirando pro nosso progresso
Sucesso na busca da paz
A harmonia lava a alma
Num banho de luz a inspiração mantém a calma

Cariocando essa levada
Brilhando mais que um cristal
O Rio tá na moda
Levantando o nosso astral

Cidade maravilhosa, de beleza e de prazer
Salve Tom, Vinicius
Cartola não vou esquecer
Eu amo esse lugar mais que o infinito vezes dois
"Vamo" na praia pegar onda, um bronze e curtir depois

Tocar sem melodia
Chutar, ser artilheiro
Dançar sem coreografia
Ter uma vida sem roteiro

Cariocando essa levada
Brilhando mais que um cristal
O Rio tá na moda
Levantando o nosso astral

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (2)

Fotos (15)

Clipes (7)

Release

por Tony Bellotto

Se o Sex Pistols afirmava que não havia futuro na Londres sombria de 1977, a Le Raleh garante que ele também não existe no Rio ensolarado de 2013.

“O futuro acabou de começar e terminar”, canta a banda carioca numa de suas canções. Se a positividade da Le Raleh não tem nada a ver com o desencanto do punk, sua música mantém a crença em viver cada momento como se fosse o último.

Se Chuck Berry foi uma referência para as grandes bandas de rock dos anos 1960, Benjor e outros Jorges são inspiração constante para a Le Raleh.
“E como já dizia Jorge Maravilha, prenhe de razão, mais vale uma filha na mão do que dois pais voando”, cantam com muita malandragem em sua brilhante recriação ...

Continuar lendo>>