O Rebuliço

Lailton Araújo / Wanderley Araújo

Veja na beira da estrada a boneca rendada
Que "Zeca Mulato", um debochado
Deixou pelo amor de "Dona Leonor"

Relembre o ventre daquela, donzela, quimera
Porteira, gibão, firmando o mourão

Légua marcada na forte lembrança da amada
Vingança que manda um caso aumentado
Pra boca de um grande "proseador"

Herança da fala, cantada no Norte e no xote
Zabumba, calunga, galope, baião

Quem sabe se o fato contado não foi julgado
Lá no cangaço, no meio do mato
Na grande "Corte de Lampião"

Seria o retorno daquela conversa de macho
Cabeça e chapéu, punhal e "bisaco"
Angico plantado lá no coração

Premeditação...

O certo é que esse boato virou poeira
De tal maneira que o vento levou
A louca paixão do conquistador

Reprimiram o amor livre, num rebuliço
De bala, peixeira, corisco, maxixe
Sanfona e pedaço de manjericão

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (9)

Fotos (13)

Release

LAILTON ARAÚJO
Show - ForroSamba Na Bossa


LAILTON ARAÚJO apresenta o Show - ForroSamba Na Bossa. Neste evento existe a poesia em fusão com a musicalidade do povo brasileiro, onde são retratados, o amor, a esperança, a ecologia, e a nova visão do ser humano, voltada para a paz e harmonia.

Usando temas regionais e urbanos nas composições próprias, o pernambucano faz nova leitura nos clássicos da Música Popular Brasileira, com muito forró, xote, baião, toada, samba de raiz e bossa-nova.

Nasceu na cidade de Sertânia, Estado de Pernambuco - Brasil em 1959. É músico, compositor, cantor, ambientalista, pesquisador de ritmos regionais brasileiros, escritor e ex-professor (não formado) do Cursinho Pré-Vestibular Educafro, onde lecionou as disciplinas: biologia e geografia.

Trabalha há 34 anos na área cultural. É empresário de eventos e marketing.