La GioventúSanguessugas no Armário254 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
cancelar

Seu comentário foi publicado. Visualizar

Iniciando música ~ em
    1 / 1

    Contrate

    Emersom Silva

    (31) 3635-3922 | (31) 8767-7962

    Sanguessugas no Armário

    Emersom Silva

    Tribos canibais, florestas de pedra, tem indiozinhos bomba por aqui!
    Alguém tirou meu sono, alguém levou o meu jornal!
    Tem gente muito estranha aqui querendo me escravizar!

    E querem minhas ideias e querem meu sorriso
    Ninguém é dono de ninguém, não sou capaz de aceitar
    Esse jogo de sordidez e essa maldade limpa

    O ar aqui é cinza e o céu era tão belo azul anil!
    Agora tudo é fosco e fora de controle
    É tarde para olhar pra trás não pra seguir em frente

    Tudo que vejo é insegurança e impunição
    Tem terroristas no jardim!
    Tentaram ver meus planos, tentaram persuadir o meu prazer

    Envenenando meus pulmões com nicotina
    Levaram nossos pais e agora é nossa vez
    Não tenho mais medo, não tenho mais nada

    Perdi os meus sentidos e tentei me controlar
    Tragédias radioativas e uma dose de lixo industrial!
    Desesperançar a juventude, desfortalecer o nosso coração

    Desumanizar o que há de melhor, não vou permitir, agora é pra valer!
    Ninguém é dono de ninguém e não soubemos aprender
    Ninguém é dono de ninguém, você tentava me explicar

    Ninguém é dono de ninguém, jamais pensei em te prender
    Ninguém é dono de ninguém, você tentou me dominar

    Músicas mais acessadas

    Álbuns e Singles/EPs  (1)

    Fotos (48)

    Release

    Formada em meados de 2002 essa banda trouxe pouco da sua antiga formação para os dias atuais. Apenas a idéia que deu origem ao grupo, fazer o rock voltar a ser valorizado no país, e o criador dela Emersom Silva (voz, guitarra e teclado) ficaram de pé em meio aos turbulentos anos que se seguiram.
    Depois de varias mudanças na formação, no começo de 2008 o grupo finalmente conseguiu se firmar e se acertar, com a entrada de Paulo Sérgio (bateria e back vocal) e Chris Marley (baixo elétrico e violão) e alguns anos depois Alex Soares (Guitarra). Com isso as mudanças começaram a aparecer e o som da banda começou a se solidificar cada vez mais.
    Após mudar o nome de Tributo para A Ponte, nome que o grupo ...

    Continuar lendo>>