Músicas mais acessadas

Fotos (51)

Release

pessoais Periferia
Igor passou a ser reconhecido desde que lançou músicas como Banho de Sol, Tome Dalila, Conspirador e Cyclone, esta última associada por muitas pessoas a Kelly Cyclone - jovem apelidada de Dama do Tráfico e assassinada há duas semanas - que era muito fã do grupo.

Com esses e outros sucessos, A Bronkka passou a ser reconhecida pelo diálogo com a periferia. “Cyclone não é marca de ladrão/ É a moda do gueto/ Mas com toda discriminação/ Eu imponho respeito”, diz a composição, feita por Igor, que morou a maior parte da vida no bairro da Liberdade.

“Vivi a vida toda naquela área. E já fui muito discriminado e humilhado por isso, pela desigualdade social, racial… Só por morar na periferia, todo mundo já te olha torto. Por isso, hoje ...

Continuar lendo>>