JONATHAS DE PÁDUAFilho pródigo1.958 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 3

    Contrate

    Eloisa de Pádua

    (16) 9175-0726 | (16) 3324-1840

    Filho pródigo

    Enneyas Custódio

    Sua casa ele deixou,
    Bem distante foi morar
    Quem o amava desprezou, nem parou para pensar
    E a herança que ganhou pouco a pouco se acabou
    Diversão foi o que pensou.
    Suas vestes estavam sujas, seu calçado se rasgou
    Os amigos lhe deixaram numa senda de horror
    Sua fome era intensa e dos porcos sobejou
    Do seu pai então se lembrou.

    Coro
    Pai!Eu sei que errei demais.
    Fiz tudo o que eu quis te fiz tão infeliz,
    Não te deixei em paz,
    Não sou digno de ser chamado filho teu.
    Pai!Eu sei que fraco sou,
    Perdoa por favor, me aceita como estou
    Pelo menos como servo.

    Fala:
    E reconhecendo sua falha foi estar com seu pai e vinha ele ainda longe quando seu pai o avistou que de íntima compaixão correu, o abraçou, o beijou, e ordenou que lhe calçassem os pés colocou um anel no seu dedo simbolizando uma nova herança, também mandou matar um bezerro cevado e disse:
    -Vamos comer e nos alegrar,porque este é meu filho que estava morto e reviveu,estava perdido e foi encontrado!
    E juntos começaram a celebrar...

    Músicas mais acessadas

    Fotos (12)

    Release

    Estou lançando meu primeiro trabalho intitulado O SEGREDO com o intuíto de levar o mais longe possível a palavra do Senhor.
    Ser merecedor de ter esta promessa do Senhor cumprida em em minha vida é mais que um privilégio,e como me foi permitido quero que muitos conheçam a graça de Deus.
    Seja você também abençoado!

    Recompensou-me o SENHOR conforme a minha justiça; conforme a pureza de minhas mãos me retribuiu.
    Porque guardei os caminhos do SENHOR; e não me apartei impiamente do meu Deus.
    Porque todos os seus juízos estavam diante de mim; e de seus estatutos não me desviei.Porém fui sincero perante ele; e guardei-me da minha iniqüidade. E me retribuiu o SENHOR conforme a minha justiça, conforme a minha pureza diante dos seus olhos.
    Samuel 22 ...

    Continuar lendo>>