João AndersonFunk dos Brasileiros8.702 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 100

    Funk dos Brasileiros

    João Anderson

    Sou um Brasileiro, levo tudo na zoeira
    Mesmo quando acredito que nem tenho uma Bandeira
    No ano 1500, dia 22 de Abril
    Uns caras lá do Navio chegaram e nos pariu
    Indiozinho gente fina, chega junto, vem pra cá
    Vou te aplicar uns lances que eu sei que cê vai gostar

    Jogue as mãos pro alto
    E bate palminha
    É o Funk dos Brasileiros
    Empine sua bundinha

    Desde aquele dia então eu nunca fui tão feliz
    Um escravo de verdade, baixa os olhos, nunca diz
    Obedece direitinho tudo que mandam fazer
    Se contenta com migalhas sem nunca esmorecer
    Corte a cana, passe a grana, ligue o rádio, limpe o chão
    Cate as pedras lá rio e veja televisão

    Jogue as mãos pro alto
    E bate palminha
    É o Funk dos Brasileiros
    Empine sua bundinha

    Mas a Princesa Isabel no dia 13 de Maio...
    Se eu fôr te contar o ano, conto o conto do Vigário
    Porque eu nunca acreditei na Abolição do Brasil
    Por isso mando o sistema para...
    Salamê minguê, decifrando o ABC
    Mas em “B” tem tanto “P” que nem da pra descrever
    Cala boca Brasileiro, quem é “ucê” pra contestar
    É “mió” ficar calado ou as formigas vão entrar

    Já até mudei de idéia, tá tudo tão lindo então
    Todos os nossos professores ganham grana de montão
    Nietzche, Platão, “ceis são tudo chatu”
    Eu quero é tomar uns gole com o Capitão do Mato
    Educação perfeita, escolas sensacionais
    Por isso são tão lindas as Manchetes de Jornais

    Jogue as mãos pro alto
    E bate palminha
    É o Funk dos Brasileiros
    Empine sua bundinha

    A saúde é de primeira e em toda senzala tem
    E de tanta qualidade da pra até ganhar neném
    A segurança é perfeita eu bem sei como é que é
    Obrigado meu Brasil, obrigado Coroné
    Vê se trabalha calado pois quatro meses do ano
    Cê vai me pagar por isso e eu vou por debaixo dos panos

    Jogue as mãos pro alto
    E bate palminha
    É o Funk dos Brasileiros
    Empine sua bundinha

    Agora pra terminar, só queria agradecer
    A mídia espetacular que tanto faz pra me entreter
    Carnaval, novelinhas, programinhas, musiquinhas
    Com muita índia pelada, muita índia de tanguinha
    Vamos comemorar toda a santa ignorância
    E não deixem de ensinar tudo pra nossas crianças

    Jogue as mãos pro alto
    E bate palminha
    É o Funk dos Brasileiros
    Empine sua bundinha

    Músicas mais acessadas

    Fotos (7)

    Clipes (94)

    Release

    1980…Foi quando tudo começou:

    O meu pai (Alberto Bechler) e minha mãe (Edwirges Bechler) deram para minha irmã (Luci Deise) um violão Giannine azul.

    Ela sempre tocava e cantava no alpendre da antiga casa da Vila São Paulo (Contagem/MG), músicas do seu ex-grupo Nascente, músicas de Igreja e várias MPB.

    Fiquei encantado com o som do violão e da sua voz.

    Demorou apenas alguns dias para que sozinho começasse a tocar e a cantar, e de ter a certeza que a música pra sempre iria fazer parte da minha vida.


    1986 . Comecei a ensaiar e a tocar guitarra com meu grande amigo (Nacip) no Bairro das Indústrias (B.D.I./BH)

    1987 . Eu, Nacip(Baixo) e Cupim(Bateria), fizemos nosso primeiro Show/Baile em (Bomfim/MG)

    1988 . Comecei a ...

    Continuar lendo>>