Jade BaraldoBrasa38.624 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 4

Brasa

Jade Baraldo

Nesse mundo de loucuras
Me perco entre tantas figuras
Fantasiadas, descartadas, descartáveis

Mas isso só não me sustenta
Estudo os teus sinais
Sedenta desfrutando dessa
Insana liberdade

Silêncio no ambiente
A brasa fresca queima quente

Vadia, louca, depravada
Te quero na cama, na rua
No carro, na escada
Lambe, esfria, bate, esquenta
Eu quero, agora aguenta

Vadia, louca, depravada
Te quero na cama, na rua
No carro, na escada
Lambe, esfria, bate, esquenta
Eu quero, agora aguenta

Nesse jogo de figuras
O quadro é bem maior que a tua moldura
E você pode se perder na paisagem

A chama cresce aonde venta
Confundo os teus sinais
Sedenta e prisioneira de uma
Estranha liberdade

Silêncio no ambiente
A brasa fresca queima quente

Vadia, louca, depravada
Te quero na cama, na rua
No carro, na escada
Lambe, esfria, bate, esquenta
Eu quero, agora aguenta

Vadia, louca, depravada
Te quero na cama, na rua
No carro, na escada
Lambe, esfria, bate, esquenta
Eu quero, agora aguenta

Vadia, louca, depravada

Músicas mais acessadas

Fotos (3)

Clipes (1)

Release

Jade Baraldo, nascida em 28/09/1998, é natural de Brusque-SC. É filha de músicos. Seu pai, Claudio Baraldo, é violonista e professor de música na cidade de Porto Alegre, e formou um duo com a mãe de Jade, Alessandra Fischer, em Santa Catarina, e juntos mudaram-se para o Rio, onde o duo foi ativo nos anos 90. Alessandra parou de cantar profissionalmente poucos anos após a dissolução do duo e retornou para Brusque com Jade. Adolescente, Jade participou ativamente das rodas de música da juventude local nas ruas e praças de Brusque (em especial na praça do Maluche), e passou a chamar atenção pela intensidade de seu canto e seu timbre bonito. Sem ter tido treinamento musical formal, decidiu, em dezembro de 2015, aos 17 anos, se mudar para ...

Continuar lendo>>