Contrate

Um sonho

Igor Mangueira

Se todo mundo possui um sonho
Por que eu não posso ter?
Sem sonhos não se vive
Pode crer

Mamãe eu quero sucesso
Dinheiro e um carro do ano
Eu quero uma casa de praia
No litoral sergipano

Mas não quero viver de ilusão
Falta muito pra chegar um milhão
Estou mal há mais de um mês
Só me resta apostar outra vez

Para viver eternamente os meus sonhos
Viver meus sonhos pra não morrer
Caminhando e cantando e vivendo o presente
Sem lenço e documento eu vou

Um dia alguém me disse assim
Não sonhe mais acordado
Ignorei tal conselho
Pra não estar condenado

A ficar nessa escuridão
Oh meu bem, me dê sua mão
Estou mal há mais de um mês
Eu só quero lhe ver outra vez

Quero te ver, quero te amar eternamente
Viver contente, sentir prazer
Caminhando e cantando e vivendo o presente
Sem lenço e documento eu vou

Músicas mais acessadas

Fotos (14)

Clipes (5)

Release

Um violão na mão e uma idéia na cabeça. O lema adaptado do cinema-novo serve para apresentar o cantor e compositor Igor Mangueira. Natural de Aracaju, Igor se auto-denomina um extra-artista-terrestre numa provocação à alcunha “artista da terra” que costumeiramente é usada pela imprensa e sociedade quando se refere aos artistas locais. Mas Igor completa sua caracterização dizendo ser do planeta Aracaju, numa alusão à uma música do folclore sergipano que fala “minha terra é Sergipe”.

A contradição no seu trabalho começa logo na frase de apresentação e não termina mais. Não é possível rotulá-lo. Passeando por diversos estilos, Igor gosta da música popular brasileira em suas diversas formas e sempre aberta ao que vem do resto do mundo. Igor costuma dizer que seu estilo é punk-pós-tropicalista. Punk, pela simplicidade ...

Continuar lendo>>