Contrate

Sergipe não cabe em si

Igor Mangueira

Dizem que sergipe é o país do forró
Mas se pensar um pouquinho é um lugar muito melhor
Aqui não tem só são joão, tem a lavagem de socorro
O lambe-sujo em laranjeiras e uma feira em são cristóvão

Agora eu vou provar que tamanho não é documento
Preste atenção no que eu lhe falo pois tem muito fundamento
Tem a barra dos coqueiros
Tem estância e lagarto, itabaiana e boquim
Sem esquecer de maruim

Sergipe não cabe em si
Sergipe é grande sim
É um estado de espírito
Onde o mar é mais bonito
Onde o céu é infinito

Aqui é um paraíso
É um ninho bem quente
Aqui é o nosso lar
É onde está a gente
E pra onde irei voltar

Pra você que vem do norte
Pra você que vem do sul
Minha terra é sergipe
Meu planeta, aracaju

Pra você da capital,
Pra você do exterior,
Pra você que está triste,
Feliz natal, feliz ano-novo,
Feliz sergipe

Pra você da capital,
Pra você do exterior,
Pra você que está triste,
Feliz natal... E se não for,
Feliz são joão,
Oh, meu amor, de coração
Eu lhe desejo um...
Feliz sergipe

Músicas mais acessadas

Fotos (14)

Clipes (5)

Release

Um violão na mão e uma idéia na cabeça. O lema adaptado do cinema-novo serve para apresentar o cantor e compositor Igor Mangueira. Natural de Aracaju, Igor se auto-denomina um extra-artista-terrestre numa provocação à alcunha “artista da terra” que costumeiramente é usada pela imprensa e sociedade quando se refere aos artistas locais. Mas Igor completa sua caracterização dizendo ser do planeta Aracaju, numa alusão à uma música do folclore sergipano que fala “minha terra é Sergipe”.

A contradição no seu trabalho começa logo na frase de apresentação e não termina mais. Não é possível rotulá-lo. Passeando por diversos estilos, Igor gosta da música popular brasileira em suas diversas formas e sempre aberta ao que vem do resto do mundo. Igor costuma dizer que seu estilo é punk-pós-tropicalista. Punk, pela simplicidade ...

Continuar lendo>>