Gangue 13Mente Diabólica15.374 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 11

Contrate

Rafael

(11) 7421-5887 | (11) 3923-7330

Mente Diabólica

Gangue 13

Mente diabólica, coração cheio de ódio;
Sempre sonhei em pegar o primeiro lugar do pódio;
mas nunca consegui ser bom em nada que fiz;
vou arriscar por rolling poiter no globo do juiz;
seria uma saída perfeita pra um zero a esquerda;
com o cérebro latejando e uma magno sobre a mesa;
roleta russa essas horas pra amenizar minha dor;
vou por serenidade no jogo com 6 no tambor;
Parabéns Brasil pela miséria por todos os lados;;
Não vou aderir sua moda de sofrer calado;
Vai boyzão arrombado, solta a chave e sai andando;
Deu sorte de não me acompanhar no banco do carona sangrando;
Me transformei em um monstro e a sociedade sentiu;
Que eu retribuo a Tirania destravando um fuzil;
pra você é bom inverno, cafezinho e edredom;
8 graus na rua, criança descalça sem moletom;
Então filho da puta não me pede pra ser paciente;
Não preciso de Deus, já to condenado a chama ardente;
Você acha que ele te ama, mas ta fodido também;
Vai ver em breve a quem pertence todos seus bens;
Mulher, dinheiro, carro importado você não leva pro buraco
Nem as lagrimas da vadia que dizia que te amava agora vai, constroe
Sua vida no inferno filho da puta
enquanto eu gasto seu dinheiro Seu corpo apodrece na sepultura.

REFRÃO 2X
Esperança, amor, não te conheço , convivo com a dor;
Me regaram com sangue no jardim do terror;
Eu simplesmente vou sorrir se a morte vir me buscar;
O inferno é pouco pra mim, minha Mente é Diabólica;

Também queria essas horas estar num bosque caminhando;
Ouvir pássaros cantarem, ver os bichos brincando;
E o animal que me deparo é um vira lata de farda;
que abafa o som dos pássaros com tiros de matraca;
com esse despertador matinal, tenho sempre um mal dia;
diz pra mim se da pra pagar de "MR. Simpatia"
é como se meu futuro já estivesse na merda;
Fuji da batalha me deram a luta, fujo da luta e caio na guerra;
Sinceramente não ligo pra quem vai ter que morrer;
Vou agir como eles querem não há mais nada a perder;
Poderia me trancar no banheiro com a seringa;
30 cápsulas de pó, pedra, e acabar com a vida;
Pra felicidade do país, um favelado a menos;
Denegrindo a imagem das praças no centro;
Mas lamento informar que não sou dependente químico;
Sou viciado em 45 pra subir dependendo do rico;
Agora o boneco de ventríloquo aprendeu falar sozinho;
Sustentar seu próprio corpo e fazer o seu caminho;

REFRÃO 2X
Esperança, amor, não te conheço , convivo com a dor;
Me regaram com sangue no jardim do terror;
Eu simplesmente vou sorrir se a morte vir me buscar;
O inferno é pouco pra mim, minha Mente é Diabólica;

Num passado distante só queria um brinquedo;
Mas não tinha como, então tentei outro jeito;
Me auto nomeei o príncipe do medo;
Ao me doarem um 38 pra realizar desejos;
Aí descolei o soldadinho de chumbo da vitrine;
Ferro na vendedora e tive alguns dias felizes;
Sempre me saindo bem em qualquer tipo de missão;
Da teoria á pratica, da pratica á perfeição;
Da perfeição á realeza ou direto pra um caixão;
Esperei a adolescência o sonho era subir;
Ter uma Smith & Wesson prata com coronha de marfim;
Pra fazer sucesso na porta da escola;
O centro das atenções, isso as mina adora;
Hoje é outro nível, de smoke elegante;
Uma quadrada de cristal com balas de diamante;
Como aliviar um psicológico revoltante;
Pescar, meditar, se entreter com Origami;
É Foda ver a favela no desgaste físico;
Mental, espiritual e eu preso a tudo isso;
Na metamorfose criminal colecionando inimigos;
Eu te trouxe a uma mente fria e sombria,
Ela é como um quarto escuro sem janela ou luz do dia;
E o jogo acabou se sinta no inferno;
Sem os olhos, sem sentidos e um guia cego;
O sistema tem o efeito de mil sangue sugas no pulmão;
Acabam com você, tiram o controle da situação;
Antes que quebrem meus joelhos decreto meu funeral;
Mas não aceito que a dor os dobrem para um rival;


REFRÃO 4X
Esperança, amor, não te conheço , convivo com a dor;
Me regaram com sangue no jardim do terror;
Eu simplesmente vou sorrir se a morte vir me buscar;
O inferno é pouco pra mim, minha Mente é Diabólica;

Músicas mais acessadas

Release

O grupo Gangue 13 teve início em 2008 no bairro Jardim Princesa (Brasilândia, Zona Norte de São Paulo), fazendo parte dessa nova geração do Rap, lançando seu primeiro albúm independente chamado "Bem Mais Que O Destino", que mantém em destaque faixas como "Sou Rua", "Cenário Gangsta", "Cemitério de Brinquedos" e "Tudo pelo dinheiro". Os sons logo cairam na internet recebendo elogios do bairro inteiro, de muitos amantes do Hip Hop de vários Estados do Brasil e até de fora do país. Mesmo seguindo a linha "Gangsta", falando de armas, drogas e rua, conseguiram arrancar, também, elogios de muitos criticos do Rap Nacional, principalmente com músicas como "Dalma" e "Era Tudo Que Eu Queria", que fogem totalmente da opinião ...

Continuar lendo>>