Integrantes

  • Felipe Ferraz Voz

Release

Felipe Ferraz

Felipe Ferraz nasceu na cidade de Vila Rica no estado do Mato Grosso no dia 19 de agosto de 1991. Ainda criança, se mudou para as cidades de Porto Alegre do Norte, depois Confresa também no Mato Grosso, mas foi com doze anos que sua vida começou a ganhar um rumo diferente, pois sua família resolveu mudar-se para Goiânia para tentar a vida.
O sonho do garoto era ser jogador de futebol, como a maioria dos meninos do Brasil, só que a música falou mais alto na criação dentro de casa. O pai do Felipe era apaixonado em sanfona, sempre dava suas canjas nas festas de família, e a mãe, era cantora gospel da sua igreja, mais um incentivo para o menino que tentava a vida na cidade grande.
Com quinze anos ele iniciou sua carreira musical, tocando na rodoviária de Campinas (bairro de Goiânia), tocando em ônibus, sempre agarrado na fé, no trabalho e no sonho de gravar um CD e entrar definitivamente no mundo da música.
Foram muitas duplas tentadas no início, primeiro junto com seu irmão, depois com outros parceiros e esse trabalho aos poucos foi trazendo um reconhecimento para o Felipe, mas era um reconhecimento que não era completo, pois seu desejo sempre foi seguir carreira solo, inspirado nos talentos do Luan Santana e principalmente do Cristiano Araújo.
Depois das várias tentativas de formar duplas, hoje o Felipe Ferraz segue carreira solo. Apostando muito nessa caminhada, ele gravou seu primeiro CD, com 17 faixas. Nesse período de produção foram testadas mais de trezentas músicas para selecionar o repertório, sendo a quarta faixa, “sem querer”, a única de sua composição junto com outros parceiros e todas as outras foram doadas por compositores de todas as partes do país.
Antenado ao mercado, o disco passeia em vários momentos da música sertaneja nos seus arranjos. Ele começa com o hit playboy fazendeiro, que fez bastante sucesso no Nordeste na levada do forró, mas que ele trouxe para o sertanejo com uma pegada bem animada. Em outros momentos as canções se aproximam das românticas da década de 90, passam no estilo mais animado, recheado de percussão dos anos 2000, chegando ao arrocha, sucesso de pouco tempo atrás. É clara a intenção de agradar a todos os gostos, fato que tem sido bastante elogiado por quem já escutou o CD.

A atual música de trabalho do Felipe é a faixa um do CD, a música Playboy Fazendeiro. Ela inclusive esta sendo muito bem aceita pelo público, pois já esta espalhada pelas rádios de Goiânia com varias execuções. O timbre destacado, e toda uma preparação que foi desenvolvida para esse momento de trabalho e divulgação do novo CD, trazem a segurança e estabilidade para o Felipe Ferraz se dedicar somente a música.

Influências