Fabricio de SiAve-marias762 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 7

Ave-marias

Fabricio de Si

Não me chamará de seu
Não saberá o que aconteceu
Não esperará em vão
Não terá mais que isso: Sangue e violão
Vai entrar por uma porta branca-bege
E terá medos e receios e anseios e uma ansiedade boa
Conversaremos por horas à toa
Saberei
Quem é você, quem tem tempo, quem dá as ordens, quem explica e quem morreu
E uma laranja se despedaçará, adeus
No seu altar, altar particular
Escudos, linda rosa, ne me quite pas

Recitará
Ave-marias
Sentirá
Dor

Os teus pés
Sobre meu peito
Teu salto agulha me atropelou
Realizarei
Teus desejos
Todos os teus desejos, amor
Terei fome e
Morrerei só
Sem teu nome e
E o que é pior

Recitará
Ave-marias
Sentirá
Dor

Vai morrendo aos poucos
Vai sofrendo aos poucos
Vai bebendo aos poucos
Vai perdendo aos poucos

Músicas mais acessadas

Release

Eu vou dizer o quê sobre o som fabriciano? É eclético, mas é um choque com os padrões do comum a que estamos acostumados. Você ouve a primeira vez e acredita? Ouça novamente! O som é experimental, é… transcedental, é holístico transitivo emergente.
Todas as músicas disponíveis estão registradas e protegidas por leis de direitos autorais. Qualquer regravação sem permissão será submetida a ditames legais.