Contrate

Daniel Bueno

(81) 8767-8832 | (81) 8899-4967

O Boa Vida

Eu conheço um cara lá na minha rua
Que nunca deu o prego numa barra de sabão
Como diz o povo: nasceu com a bunda pra lua
O cara é boa-vida e nunca teve profissão

Sujeito preguiçoso passa o dia inteiro
Ouvindo música brega no maior volume
Vive cheirando mais que filho de barbeiro
Só usa grife boa e do melhor perfume

Não sei onde esse cara vai buscar tanto dinheiro
Ou ele é cafetão ou é caloteiro

Não sei onde esse cara vai buscar tanto dinheiro
Vai ver que é gigolô ou é trambiqueiro

Músicas mais acessadas

Fotos (17)

Release

Daniel Bueno nasceu em Carnaíba, no Vale do Pajeú, Alto Sertão Pernambucano. Quando menino costumava ouvir toadas, xotes e baiões de Luiz Gonzaga e se identificava com as mensagens e os lamentos telúricos do Rei do Baião, como Vozes da Seca e A Triste Partida. Também gostava de ouvir Trio Nordestino, Jacinto Silva e Marinês. No sítio do avô, seu Badu, muito cedo vivenciou o cotidiano rural: cortou palma pra gado, catou algodão, debulhou milho e feijão, tangeu gado, fez ordenha, dirigiu carro de boi, rezou novenas, plantou e semeou.

Aos 11 anos, mudou-se para Afogados da Ingazeira, cidade vizinha, onde estudou o Ginásio e o Científico. Aos 15 anos, começou a trabalhar como repórter e produtor na Rádio Pajeú. Nessa época já compunha músicas e tocava violão. Aos 24 ...

Continuar lendo>>