ChalSão francisco67.945 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 15

São francisco

Chal

Quero ir ao chão da planta entender o que é o mar
Quando pássaro levanta asas voo a voar
Me desperta me espanta simples ato de olhar
Pelos campos verdejantes a linguagem me faz levitar
Pena que não são a todos que a natureza toca
Pois da simples vida flui o maior milagre

Se caminhar é viver
Compartir é se doar
Quantas faltas vou viver
Antes de as expiar

Abandono essa riqueza suntuosa e cravejada
Com sandálias eu caminho a distância da jornada
Libertar é estar desperto à tentação que se instala
O poder só chama ao tolo que aceita a preguiça inata

Se caminhar é viver
Compartir é se doar
Quantas faltas vou viver
Antes de as expiar

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (3)

Fotos (15)

Clipes (12)

Release

Por Leonardo Lichote
——————————-

Rock rural, alt-country, pop sertanejo… Não interessa como queira chamar, é nesse cruzamento de gêneros, que se encontram em algum ponto entre o campo e a metrópole, que está situada a música que Chal apresenta em "Aonde o tempo é solto", seu CD de estreia. Entre Almir Sater e Bob Dylan, entre Renato Teixeira e Paul Simon, entre Bruce Springsteen e Zé Ramalho, o compositor goiano atravessa tradições cancioneiras nas dez faixas do álbum - antes, ele já havia lançado os EPs "Singing for the fools" (2009) e "Up country" (2010), ambos mais calcados no country mais ortodoxo, com letras em inglês.

Com a beleza de uma toada de Almir Sater, "Sabiá" abre o disco com a força de um auto-retrato, uma carta de intenções. "Eu tenho ...

Continuar lendo>>