Amizade eterna

Cássio Di Fons

Mesmo que eu tente, não existe explicação
Nossa convivência já venceu as poesias
Nem mesmo esta canção pode decifrar
O mistério que existe entre você e eu

Amizade eterna é talvez como nós dois
Que se abraçam e se chamam atenção
Mas, respeitam a liberdade de cada um
Que se guiam, mas se deixam decidir

Amigos, muitos mais do que amigos
Como setas que apontam para Deus
De quem sabe precisar, nunca se aproveitar
E discretamente amar só por amar!

És minha Clara e sou o teu Francisco
Até brigamos, mas prevalece o perdão
De um amor onde há pureza e verdade
Duvide quem quiser e o quanto quiser

Amizade eterna é talvez assim
Mesmo que deixássemos de amar
Viveria do bem que você me fez
Só não saberia deixar de ser amigo

Amigos, muito mais do que amigos
Um tesouro, um pedacinho de céu
Quero ainda ofertar, minha vida por você
Se um dia precisar, só por amar!

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (3)

Fotos (16)

Release

Cantor, Compositor e Escritor.
Palestrante e Formador Católico.
Editor de livros na Fonte de Papel Editora.
Confira: http://fontedepapel.com/

Gravou dois álbuns em parcerias.
Atualmente, Cássio Di Fons prepara seu primeiro projeto solo.

Como escritor - Obras literárias:
Autor do livro: Amizades são mananciais. Ed. Paulinas. 2010.
(Traduzido para o Espanhol - Amistad, fuente de Vida, por Paulinas Colômbia.2013)
Coautor do Conto Infantil: Fuga na Floresta; Ed. Darda. (Com o Jackson da Mata) 2015,
entre outras obras, e algumas participações em antologias.