Carlos CarvalhoLutando contra o vento - Carlos Carvalho333 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 4

Lutando contra o vento - Carlos Carvalho

Carlos Carvalho

Letra - Lutando Contra o Vento

Às vezes eu fico pensando
Quem realmente eu sou
Uma pessoa amada
Ou amante da dor?
E de repente surge o sol
Pessoas vêm e vão
E eu nesse mundo tão só
Vivendo essa grande ilusão
Eu olho nos seus olhos
Mas não consigo dizer
Que te amo Baby
Você é o meu prazer
Pense consigo mesmo
Ponha-se no meu lugar
O que iria fazer
Se não houvesse ninguém pra ajudar?
Reveja os seus pensamentos
E me diz se tem forças
Pra lutar contra o vento
À noite eu ando sozinho
Procurando um motivo
Pra poder ser feliz
Mas agora tudo morreu
Talvez o culpado seja eu
Por não ter feito sorrir, o seu coração
O meu espírito chora
Lembrando de você
Meu bem o que eu faço agora
Se não sei viver sem ti ter?
Os dias são longos e severos
Perdi até a esperança
Aquele amor que era eterno
Hoje só fica na lembrança
Se eu pudesse usar o tempo
Eu voltava atrás
E mudava alguns momentos
Só pra poder ter paz
Não me preocupo com a escuridão
Sei que ainda existe uma luz
E No meio da multidão
Há sempre alguém que me conduz
Reveja os seus pensamentos
E me diz se tem forças
Pra lutar contra o vento
À noite eu ando sozinho
Procurando um motivo
Pra poder ser feliz
Mas agora tudo morreu
Talvez o culpado seja eu
Por não ter feito sorrir, o seu coração
O seu coração
O seu coração
O seu coração
À noite eu ando sozinho
Procurando um motivo
Pra poder ser feliz
Mas agora tudo morreu
Talvez o culpado seja eu
Por não ter feito sorrir, o seu coração
À noite eu ando sozinho
Procurando um motivo
Pra poder ser feliz
Mas agora tudo morreu
Talvez o culpado seja eu
Por não ter feito sorrir,
o seu coração.

Músicas mais acessadas

Fotos (4)

Release

Meu nome é Carlos Antônio Pereira de Carvalho, tenho 16 (dezesseis), anos, e moro em uma cidade, chamada Ceilândia do Distrito Federal. No mundo musical, eu entrei muito cedo, mais me apeguei mesmo aos 12 anos, quando comecei a escrever letras e algumas poesias. Aos 15 anos, aprendi a tocar violão, me deixando mais apaixonado pela musica dai então aprendi a tocar guitarra e teclado. Um tempo depois, uma amiga que leu algumas letras minhas, pediu para que fizesse algo pra ela, e então me comprometi a fazer, e isso resultou na musica "Você", foi então que aprendi a misturar alguns acordes com letras. Nessa época, estava conhecendo um grande amigo e hoje companheiro musical, cujo nome é Felipe Bezerra. Mostrei a melodia pra ele, e ele gostou, como ele ...

Continuar lendo>>