Cantor AdrianAdriano grejo a vitoria chegou1.243 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
cancelar

Seu comentário foi publicado. Visualizar

Iniciando música ~ em
    1 / 72

    Contrate

    ADRIANO DE FREITAS GREJO

    (18) 9167-1472 | (18) 9153-8862

    Adriano grejo barrabas

    everaldo gretter

    No fundo de uma cela fria
    Estava eu e a solidão
    Alegria tinha ido embora eu
    esperava a hora da execução
    O pranto molhando o meu rosto
    E eu revendo os meus pecados
    me vi num beco sem saída
    pois durante a vida eu fiz tudo
    Errado....
    Eu sofrendo ali desesperado
    chegou um soldado tirou as correntes
    e falou pra mim
    Você vai se livrar da morte
    é seu dia de sorte você pode ir
    e ele disse vai em Paz você não
    tem mais nenhum motivo pra ficar...
    Outra Pessoa vai morrer em seu lugar..

    Refrão:

    Eu era o Criminoso e Ele era
    sem Pecado.
    Eu estava sendo solto Ele sendo
    Condenado.
    Eu era a malícia e Ele era
    sem Maldade.
    Eu era a Mentira e Ele era
    A Verdade
    Eu estava em plena Guerra
    Ele me trouxe a paz..
    Ele era Jesus Cristo.
    E eu era Barrabás!!!

    Eu sofrendo ali desesperado
    chegou um soldado tirou as correntes
    e falou pra mim
    Você vai se livrar da morte
    é seu dia de sorte você pode ir
    e ele disse vai em Paz você não
    tem mais nenhum motivo pra ficar...
    Outra Pessoa vai morrer em seu lugar..

    Refrão:

    Eu era o Criminoso e Ele era
    sem Pecado.
    Eu estava sendo solto Ele sendo
    Condenado.
    Eu era a malícia e Ele era
    sem Maldade.
    Eu era a Mentira e Ele era
    A Verdade
    Eu estava em plena Guerra
    Ele me trouxe a paz..
    Ele era Jesus Cristo.
    E eu era Barrabás!!!
    Add a playlist
    Tamanho
    A
    A
    Cifra
    Imprimir
    Corrigir

    Músicas mais acessadas

    Fotos (7)

    Release

    FAZIA EU AO SENHOR.A MINHA ORAÇAO,DEUS POR SEU ANJO PEDIU-ME, UM POEMA SOBRE AS BELEZAS DE TODA CRIAÇAO E QUANDO ESCREVI FALANDO DO SOL SENTI SUAS MAOS ME AQUECENDO AO FALAR DA LUA SENTI TODA SUA TERNURA ME ENVOLVENDO FALANDO EU DOS ANIMAIS SENTI-O ME EMBALAR COMO UMA CRIANÇA FALANDO DAS ARVORES E DAS FLORES SENTI SEU SOPRO DE ESPERANÇA FALANDO DA AGUAS SENTI SEU MERGULHO EM MIM COM SEU MISTERIO A ME PROTEGER FALANDO DOS CEUS SENTI SEU AZUL A ME ACOLHER FALANDO DO FOGO SENTI SUA CHAMA PURIFICANDO-ME O SER FALANDO DO AR SENTI SEU SOPRO DIVINO A RENOVAR MEU VIVER