Cantor AdrianAdriano Grejo Igreja Pequena Cem Ovelhas82 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
cancelar

Seu comentário foi publicado. Visualizar

Iniciando música ~ em
    1 / 73

    Contrate

    ADRIANO DE FREITAS GREJO

    (18) 9167-1472 | (18) 9153-8862

    Adriano grejo a historia de jose

    Daniel E Samuel

    Eu já fui muito humilhado já me deixaram no chão fui jogado em um poço, do poço eu fui pra prisão, sou o sonhador jose homem de superação a minha história é de cortar o coração, eu era uma criança com Deus tinha comunhão e o sonho da esperança entrou em meu coração por eu ser muito inocente eu contei pros meus irmãos, então virou pesadelo, trazendo muita aflição.

    quando meus irmãos brincavam, não queriam que eu brincasse em oculto combinavam pra que todos me evitassem, me deixavam pelos cantos e sorriam se eu chorasse, me faziam ameaças se pro meu pai eu contasse, até na hora do almoço se minha mãe não cuidasse, se ela não fizesse força eu só comia se sobrasse, eles me olhavam com ódio se meu pai me abraçasse, então bolaram um plano, pra que a morte me acabasse.

    disfarçando me levaram, projetaram me matar, mas nem todos concordaram o plano executar, arrancaram minha roupa e começaram rasgar sujaram ela de sangue para meu pai enganar, me humilharam bastante, eu nem gosto de lembrar, em uma cisterna velha resolveram me jogar, mas logo depois voltaram e me tiraram de lá, me venderam como escravo, no Egito eu fui parar.

    em terra estranha fiquei enfrentando o perigo, mas no coração do rei Deus me arranjou um abrigo, já fui preso na cenzala, e já passei por castigo, mas Deus sempre me deu graça de não fazer inimigos, Deus me deu sabedoria, de todos virei amigo, me tornei autoridade, o Egito faz o que eu digo, eu perdoei meus irmãos apaguei males antigos, hoje sou governador, e eles moram comigo.

    Músicas mais acessadas

    Fotos (7)

    Release

    FAZIA EU AO SENHOR.A MINHA ORAÇAO,DEUS POR SEU ANJO PEDIU-ME, UM POEMA SOBRE AS BELEZAS DE TODA CRIAÇAO E QUANDO ESCREVI FALANDO DO SOL SENTI SUAS MAOS ME AQUECENDO AO FALAR DA LUA SENTI TODA SUA TERNURA ME ENVOLVENDO FALANDO EU DOS ANIMAIS SENTI-O ME EMBALAR COMO UMA CRIANÇA FALANDO DAS ARVORES E DAS FLORES SENTI SEU SOPRO DE ESPERANÇA FALANDO DA AGUAS SENTI SEU MERGULHO EM MIM COM SEU MISTERIO A ME PROTEGER FALANDO DOS CEUS SENTI SEU AZUL A ME ACOLHER FALANDO DO FOGO SENTI SUA CHAMA PURIFICANDO-ME O SER FALANDO DO AR SENTI SEU SOPRO DIVINO A RENOVAR MEU VIVER