CaboomFogueira Artificial715 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 3

    Fogueira Artificial

    Caboom

    Mas eu não poderia, eu não deveria;
    Ser tão ignorante com vossa senhoria;
    Mas bem que eu podia, enquanto me vestia;
    Virar-te as costas e fugir de toda a sua alegria;
    Que a cada dia, me consumia mais e mais.

    Bem, meu bem, eu não pude não ficar sem;
    Você me orientar nesse grande vai-e-vem;
    Tá tudo tão embaçado, aqui choveu também;
    Eu sei que sua roupa é tudo o que me contém;
    Mas eu nem virei, e eu ainda sei quem acho que matei.

    Você tem dez segundos pra salvar sua cidade;
    Só não esqueça de preservar sua verdadeira identidade;
    Queria ver você, mas só com muita maquiagem;
    Quebraram seu pescoço antes da minha decolagem;
    Sorte que a criptonita já passou da data de validade.

    Meu amor, a sua voz está tão rouca;
    Hei, meu bem, acho que você tá ficando louca;
    E quer uma touca, e mais alguma roupa;
    Mais quente, ou pelo menos outra;
    Fogueira artificial...

    Preciso ir num restaurante;
    tá tudo bom, tudo no ponto, com sal;
    E, por acaso, isso pode acabar;
    Com minha fama de mau.

    Se eu tivesse a força;
    que você pensa que eu tenho;
    não ficaria tanto tempo;
    trancado no banheiro;
    Depois de ter tentado ser legal;
    Naquele restaurante.

    Toda a insanidade;
    que você acompanhou;
    eu pude observar;
    da minha toca de isopor;
    Cadê nossos casacos?
    será que estão doados?
    Falei pra minha mãe:
    "sem mais almoço requentado";
    somente uma criança;
    pra dizer um obrigado;
    Densidade geográfica;
    já encheu o saco;
    diante de nós dois;
    uma só companhia;
    mais índios e cowboys;
    só pra completar a rima.

    Garoto, você vai ser filho único;
    se será pra sempre, eu já não sei;
    Não altere seu humor se estiver em público;
    você é uma raiz que tem que crescer;
    Evite assistir muita televisão;
    orgasmos em geral você pode ter;
    Não acredite no que você ouve na rádio;
    tô mais que crescido mas posso aprender.

    Já pensou doze filhos;
    pra você ter que cuidar?
    Numa casa pequena;
    com isso não dá nem pra andar;
    Ouviram minha crítica;
    então passe adiante;
    desde cedo será bom;
    ver do mundo um gigante;
    talvez se morrer cedo;
    cause algum distúrbio;
    ouse me causar insônia;
    estude mais a fundo;
    sua história de dormir;
    foi enterrada viva;
    seus pais tem que trabalhar...

    Não leve tudo isso pro lado pessoal;
    Se houve uma ofensa, não foi racional;
    Não leve tudo isso pro lado pessoal;
    Só espero que me aqueça na sua fogueira artificial.

    Músicas mais acessadas

    Release

    A música é uma coisa gozada. É algo tão complexo, que um bom macaco-velho percebe que cada um interpreta ela como bem entende, e essa é a maior característica do instrumento de arte mais pop de todos os tempos. Todos gostam de música, eu também.