Cabelo de SerpenteVixe! Oxente! Bichin!7.067 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 6

Contrate

Vixe! Oxente! Bichin!

Cabelo de Serpente

Me prose um trecho
Apia jumento coiceiro
Inale meus versos
Coisinha tu é desispero

Ó o mala ae o
Ó o mala ae o
Ó o mala ae o
Vixi, oxente, bichim

Me prose um trecho
Apia jumento coiceiro
Inale meus versos
Coisinha tu é desispeto

Ó o mala ae o
Ó o mala ae o
Ó o mala ae o
Vixi, oxente, bichim

Cidades ladeadas corregos mulungo
Me empreste um beijo

Nossa cama e canudo e bamboo
Nossa cama e canudo e bamboo

Ó o mala ae o
Ó o mala ae o
Ó o mala ae o
Vixi, oxente, bichim

Músicas mais acessadas

Fotos (8)

Clipes (3)

Release

O Nome

Embora evoque para alguns, à imagens de górgonas e medusas com suas cabeleiras de cobras vivas, lançando olhares petrificantes, o Nome surgiu como referência à mitologia local, à lenda da Serpente da Ilha do Fogo. Refere-se mais precisamente ao último fio de cabelo santo que prende a serpente no fundo do rio. Na verdade é uma licença poética - uma vez que o cabelo não é da serpente e sim de uma santa -, e não deixa de ser também um pequeno flerte com o absurdo, com a desrazão e o riso. Tão hilária é essa loucura que coloca cabelo em cabeça de serpente.

O Som

A música do grupo Cabelo de Serpente é essencialmente influenciada pela música brasileira de raiz, incorporando alguns elementos da música globalizada. Nela, o maracatu ...

Continuar lendo>>