Cabeças PodresCabeças Podres3.802 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 12

Contrate

Mangará ou O Magro

(81) 9686-2621 | (81) 8809-0307

Maldita Heroína

Cabeças Podres

Tentando de várias
Maneiras evitar aquilo que lhe repugna
Seu intelecto não funciona mais
Cretino não merece a vida

Olha para os lados
E não quer ver a luz da razão
Para ele que se foda o mundo
Basta uma picada e um pouco de ilusão

Maldita heroína na ponta da seringa
Lhe traz satisfação depois decepção.
Maldita desgraçada de todos os homens mata.
Só traz preocupação depois solidão.

Caminhando no vale da morte
A espera de seu destino.
O tempo é uma tartaruga
Não chega nunca me da calafrios.

Na ponta do abismo
Não lhe resta outra solução
Fazer roleta russa e acabar de vez
Com essa aflição.

Maldita heroína na ponta da seringa
Lhe traz satisfação depois decepção.
Maldita desgraçada de todos os homens mata.
Só traz preocupação depois solidão.

Músicas mais acessadas

Fotos (147)

Release

Os Cabeças Podres surgiu em 25 de outubro de 2005 na cidade de Vitória de Santo Antão - PE na região da zona da mata centro. Com letras de protesto e ódio, a banda vem com uma atitude radical e o intuito de fazer um som pesado e agressivo, com letras que expressam toda indignação e repudio, entre outras coisas, sempre tentando mostrar suas revoltas à sociedade capitalista.
Influenciados pelo Punk Rock, Hardcore, Thrash entre outras, hoje os Cabeças Podres estão na boca da galera e não é por menos, com suas atitudes no palco e criticas ácida, só fazem fortalecer ainda mais o movimento.
A banda compõe suas próprias músicas e tocam alguns cover de figuras conhecidas do Rock Pernambucano, sempre procurando ter uma filosofia voltada ao ideal de fortalecer ...

Continuar lendo>>