Bando de Seu PereiraXote do Recursos24.334 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 4

Contrate

Capital do Nordeste

Vinicius Pereira

Terra vermelha da boa tá coberta por asfalto
Velha terra da garoa, hoje a seca arde os olhos
João plantador de milho, véve em riba do espigão
Onde avista só saudades do luar do meu sertão

Quem é de lá vem comigo
Quem não gostou que conteste
Eu sou criado e nascido, na capital do nordeste

Cavadora de lagoa, lavradora de avenida
Maria não fica à toa, chama as outras para a lida
A cidade aqui não para, sua Maria, sua João
Uns semeando asfalto e as outras libertação

Quem é de lá vem comigo
Quem não gostou que conteste
Eu sou criado e nascido, na capital do nordeste

Músicas mais acessadas

Fotos (7)

Clipes (4)

Release

Youtube

Youtube


O Bando de Seu Pereira nasce depois do estouro da barragem da Samarco (Mariana – MG), no ano de 2015. Na época, o músico - ainda exclusivamente instrumentista - e permacultor, Vinícius Pereira (Seu Pereira) foi até Minas Gerais trabalhar com as comunidades atingidas pela lama.
Nas ações, sempre coletivas, conheceu outros artistas e ativistas ambientais. Foi ali, às margens do “mar de lama” que o Rio Doce tinha se transformado, que Seu Pereira percebeu o potencial de sensibilizar e unir presente na canção e então decidiu cantar. “A cada roda na praça de cada vilarejo nós cantávamos. E o povo ia chegando, se aproximando…” conta, o músico.
Nascido em São Paulo, cidade por ele apelidada em uma de suas composições de “Capital do Nordeste”, Seu Pereira viu no forró - um ...

Continuar lendo>>