Ponteiro

George Macêdo

Meu relógio parou, eu continuei correndo
Atrás dos meus planos, contando o tempo
Não notei na correria os ponteiros imóveis
Eu sim corria, eu sim corria

Ao voltar para casa no final do dia
Me senti mais velho, me senti cansado
Ao ver aquele relógio parado

Ao voltar para casa no final do dia
Me senti mais velho, me senti cansado
Ao ver aquele relógio parado

Percebi que era eu quem girava em círculos
Atrás de algo num futuro imprevisível
Um ponteiro na engrenagem

O relógio marcava dez horas, algumas horas perdidas
Eu mal me lembrava do dia em que parei só para curtir a vida

O relógio marcava dez horas, algumas horas perdidas
Eu mal me lembrava do dia em que parei só para curtir a vida

Ao voltar para casa no final do dia
Me senti mais velho, me senti cansado
Ao ver aquele relógio parado

Percebi que era eu quem girava em círculos
Atrás de algo num futuro imprevisível
Um ponteiro na engrenagem

O relógio marcava dez horas, algumas horas perdidas
Eu mal me lembrava do dia em que parei só para curtir a vida

O relógio marcava dez horas, algumas horas perdidas
Eu mal me lembrava do dia em que parei só para curtir a vida

O relógio marcava dez horas, algumas horas perdidas
Eu mal me lembrava do dia
Em que parei, em que parei minha vida

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (2)

Fotos (33)

Clipes (20)

Release

A banda Veia Sônica começou sua trajetória em 2003, na cidade de Teresina. Sem escolher um rótulo para o estilo musical, mas com influências de bandas como  Engenheiros do Hawaii, Legião Urbana, Nirvana, The Beatles e cantores como Paulinho Moska, a Veia Sônica entrou para o cenário musical com uma proposta de fazer música para instigar boas sensações nos ouvintes das canções.
Após uma parada de mais de 6 anos, a Veia Sônica, que já tocou em grandes festivais como no palco nacional do Piauí Pop em 2005, retoma suas atividades com uma nova formação: George Macêdo no vocal, Ricardo Alencar na guitarra, Anderson Almeida na bateria e Cauê de Lima no baixo.
A banda que lançou, em 2005, o primeiro CD, volta em 2014 com o segundo trabalho. Os ...

Continuar lendo>>