Contrate

Luan Promoções

(81) 2138-7900 | (81) 9918-0051

Cristal Quebrado

---

Melhor assim
Cada um vai pro seu lado
Está desfeito, não tem jeito
O encanto foi quebrado

Não tô afim
De amar sem ser amado
Eu não aceito, no meu peito
Um amor despedaçado

Você não soube entender os meus apelos
Apaixonadamente me entreguei em suas mãos
Vai ser inútil dizer que tudo foi sem querer
Agora quer meu perdão
Joga a culpa no coitado do seu coração
Vai ser inútil dizer
Tô proibido a você
Não vou te dar meu perdão

Cristal quebrado não cola jamais
Sonhos feridos não curam, não saem
Melhor me esquecer, não volto atrás
Baby, eu juro, te amar nunca mais

Cristal quebrado não cola jamais
Sonhos feridos não curam, não saem
Melhor me esquecer, não volto atrás
Baby, eu juro, te amar nunca mais

Você não soube entender os meus apelos
Apaixonadamente me entreguei em suas mãos
Vai ser inútil dizer que tudo foi sem querer
Agora quer o meu perdão
Joga a culpa no coitado do seu coração
Vai ser inútil dizer
Tô proibido a você
Não vou te dar meu perdão.

Cristal quebrado não cola jamais
Sonhos feridos não curam, não saem
Melhor me esquecer, não volto atrás
Baby, eu juro, te amar nunca mais

Cristal quebrado não cola jamais
Sonhos feridos não curam, não saem
Melhor me esquecer, não volto atrás
Baby, eu juro, te amar nunca mais

Músicas mais acessadas

Fotos (15)

Clipes (1)

Release

Tudo começou a mais de dez anos atrás na cidade de Monteiro, interior da Paraíba, quando José Inácio da Silva (Jotinha), ganhou de presente do seu pai uma pequena sanfona de apenas 60 baixos. Empolgado com o presente, aprendeu as primeiras notas musicais e a tocar alguns clássicos do forró como: "Asa Branca,"Mulher rendeira", entre outras.

Contagiados pela música e incentivados por Jotinha, os irmãos Josivaldo, Van e Neno, também aprenderam a tocar alguns instrumentos musicais, passando a animar festas em sítios e salões da cidade.

Todos começaram a trabalhar aos oito anos de idade, engraxando sapatos, carregando feira em carroça e vendendo picolé. Com quinze anos, Jotinha conseguiu um emprego como menor estagiário no Banco do Brasil de Monteiro-PB. Todo dinheiro arrecadado tinha destino certo: Investir na carreira ...

Continuar lendo>>