Aos Mestres

Michel de Moura

Você me ensina Ismael
E eu juro, lhe tenho amor,
Pode se regenerar
Você me ensina Adoniran
Saudosa maloca, maloca querida
Você me ensina Itamar
E eu transformo milagres em lágrimas
Você me ensina Macalé,
E eu aprovei
A farinha do desprezo
Alguém se intromete, sob a mesma base rítmica:
“É proibido falar de drogas nesse disco, tem que falar de flora, amor...”
“Mas é farinha do desprezo!”
“Desprezo também não pô, desprezo não vende disco”
“É Proibido Proibir, de Caetano Veloso, inaugura a ruptura da música brasileira com o conservadorismo de uma esquerda mais radical. Mas ao mesmo tempo, inicia uma nova fase de despolitização da MPB, que passa, progressivamente, a se reconhecer como... simplesmente... mercadoria!”

O sobrenome do capeta é Mercadoria! (4x)

Você me ensina Tom Zé
Senhor cidadão me diga por quê...
O senhor anda tão triste?
Não pode ter nenhum amigo
Na briga eterna do seu seu mundo
Tem que ferir ou ser ferido
Oh cidadão, que vida má!
Xalalalá, xalalalá, xalalá...

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (2)

Fotos (4)

Clipes (25)

Release

A banda NÃ acaba de lançar seu segundo trabalho “Antes que só umquase”, nas principais plataformas de streaming. O disco foi produzido pelo próprio grupo e gravado, mixado e masterizado por Fernando Sanches e Eric Yoshino no Estúdio El Rocha, em São Paulo. Mais dançante, mas sem perder o tom afiado das letras, o álbum conta com participações de Alessandra Leão, Maurício Takara e Valério.

As referências sonoras múltiplas alinhadas a coros polifônicos, improvisações e textos filosóficos presentes em Farpa, primeiro álbum da banda, permanecem no novo trabalho, porém os músicos consideram “Antes que só um quase” um disco mais alinhado à ideia de “canção”, feito no calor das horas dos até então improváveis retrocessos sofridos no campo da política e da cultura. Carrega, assim, as dúvidas e incertezas inerentes ...

Continuar lendo>>