Na MarraEu Nunca Disse Que Prestava83 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 6

Manifesto

Na Marra

É tua Mãe!
Que me enche o saco
Me discrimina, diz: tu vai deixar minha menina
Seu vagabundo!
Não tem nada e ainda quer que eu dê risada
Vai arrumar “algum” ou
Pra mim tu é um qualquer um!
Um zé ninguém, se não tem dinheiro não vem
Que não tem, as coisas não vão muito bem
Mas eu nem ligo, a gente vai se casar
E coitada da veia, vai ter que me aguentar

Vai! Vai ter que me aguentar
Vai! Vai ter que me aguentar
Vai! Vai ter que me aguentar
Vai!

E o velho é o pior!
Eu acho que tá muito louco
Fala que eu cheiro pó e que lhe dar comigo é um sufoco
Mas eu não to nem ai!
O que eu aprendi tenho dito
Eu não preciso ser rico pra mostrar o meu QI!
Podem falar que eu sou ruim, mas eu gosto mais de mim
E na cabeça humanidade, Na Marra de uma vez!
Você é o que você fez
Eu não quero mais rimar, eu sou roqueiro e ai?
Vai ter que me aguentar?

Vai! Vai ter que me aguentar
Vai! Vai ter que me aguentar
Vai! Vai ter que me aguentar
Vai! Vai ter que me aguentar!

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (1)

Fotos (3)

Clipes (6)

Release

A “Na Marra” é uma banda que faz um resgate a grandes nomes do Rock Nacional, fundada no ano de 2015 na cidade de Bezerros - PE, o nome do grupo surgiu na tentativa de passar as mensagens das letras com energia, força, “na marra”. Sua proposta de som mistura influências que vão do Alternativo ao Metal, enaltecendo nas letras, cenas cotidianas com raízes culturais regionais.
Como resultado de dois anos de trabalho e uma carga musical considerável, no início do segundo semestre de 2017, a banda irá lançar seu primeiro CD, gravado, produzido, masterizado e mixado por Hilberto Dutra (Forno Studio). O álbum foi intitulado “Monotonia”, possuindo seis faixas com vários gêneros do Rock (Hard Rock, Punk Rock, Hardcore, Pop Rock e “traços” de Metal), que abrangem uma gama de ...

Continuar lendo>>