AtemporalSinhá778 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 7

    Contrate

    André Leal

    (11) 99622-0149

    Atemporal

    André Leal e Andreza Celestino

    Parede cinza, teto branco, a minha conta no vermelho
    Quem eu vejo no espelho já não mais me satisfaz
    (Parede branca, teto cinza, a porta aberta, mente vazia
    O carro, a moto, a cidade, o barulho e tudo é artificial)

    A sua vida por um fio, a sua vida não vale nada
    Obsolescência programada o que eu queria já não quero mais
    (O artifício, o superfício tudo é vazio em si só, nada alcança a essência
    Parede branca, escuro coração)

    Não sei onde mora. Pra onde foi? A nossa história pra depois
    Mas posso dizer que o seu endereço é minha memória e nada mais
    (Lembrança, sentença, saudade do que nunca tive vontade)

    O tempo passa a vida muda vá se abrigar se esconda da chuva
    A sua vida é tão errada a sua escolha não serve mais
    (A passagem, o caminho, a chegada
    Vontade de seguir, o medo de tocar)

    A sociedade está calada, a minha vida tão abstrata
    Os traços no chão, os traços da vida a cicatriz que não cura mais
    (Nas palavras de minha avó a vida é uma cadela manca e raivosa)

    Então vamos viver nosso sonho de amor, de sentido a vida descubra o sabor
    De sonhar
    De arriscar
    Mais bonito que o mar é amar

    Músicas mais acessadas

    Álbuns e Singles/EPs  (2)

    Fotos (11)

    Clipes (2)

    Release

    Quem somos? Descobriremos juntos, afinal, falar de um trabalho como esse requer tempo, requer um olhar atento, requer zelo e um certo distanciamento para que possamos olhar para trás e nos enxergar ali. Em meus pensamentos esse projeto ainda está muito recente, vivo e ativo. Como explicá-lo então? A arte pode mudar o mundo. Acreditamos que a vida sem formas de arte seria um grande erro! O ser, o pensar, expressar e tantas outras formas de enxergar, estão ligadas ao viés da arte. Poesia, dança, pintura, teatro, música e tantas outras formas, todas são conectadas, interligadas e por vezes podem transformar o caos em calmaria! A música é muito mais que comércio, fórmulas prontas, modismos e tampouco passageira. Nosso primeiro EP, intitulado "O Som Que Vem de Tudo", reflete exatamente ...

    Continuar lendo>>