Meu Troféu

Sidney Braga e Márcio Chula

Eu sentei na arquibancada
De repente, assim do nada
Veio aquele sentimento
Quando olhei para o gramado
Pro meu pai falei pausado
Um dia estarei lá dentro

Descalço, bola de meia
Asfalto, terra e areia
Porque fácil não seria
Desistir não vou de um sonho
Minha fé toda eu ponho
Na espera por meu dia

O meu dia enfim chegou
A cidade me abraçou
Fiz feliz toda torcida
Com saudades vou ficar
Estou pronto pra voar
Vem que é hora da partida

O voo da esperança
Meu sonho de criança
Subiu e me levou pro céu
Mas eu queria tanto
Ganhar de verde e branco
Ser campeão da vida é o meu troféu

O meu dia enfim chegou
A cidade me abraçou
Fiz feliz toda torcida
Com saudades vou ficar
Estou pronto pra voar
Vem que é hora da partida

O voo da esperança
Meu sonho de criança
Subiu e me levou pro céu
Mas eu queria tanto
Ganhar de verde e branco
Ser campeão da vida é o meu troféu
De verde e branco, eu pintei o céu

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (3)

Fotos (11)

Clipes (8)

Release

Nos anos 90 estudamos juntos no Ensino Médio e tínhamos as mesmas afinidades musicais: as bandas de Rock dos anos 80. Formamos a nossa primeira banda naquela época com o nome de "100 Razões".

19 anos depois, dois integrantes daquela banda do Colégio se reencontraram com bastante material autoral acumulado ao longo destes anos.

Foi aí que surgiu a ideia de deixar registrado esse material autoral em estúdio e formar a Anima Mea, que é um projeto de Rock Autoral.

Não nos consideramos efetivamente uma banda, pois não fazemos concertos e moramos em cidades distintas. Porém com a ajuda da tecnologia, estamos gravando nosso primeiro Álbum com 14 faixas: "Pecado Austral". 

Este Álbum é 100% autoral, com letras escritas com bastante zelo e revela quase que explicitamente as nossas influências ...

Continuar lendo>>