Só Se Eu For Doida / Ana Gouveia

Ana Gouveia

Só se eu for doida,
Só se eu for doida,
O que eu não sou.

Dizem que eu te perdi por ser tão tola
E que eu devia insistir;
Mas se a verdade está tão transparente
Como eu não devo desistir?
Queriam que talvez que tolerasse
E cala-se a milhões de situações
Apesar do meu respeito e fidelidade
Deviam ouvir mais minhas emoções.

Dizem que eu não devo ser tão reta,
Que até não faz sentido
Que hoje em dia tenho que tolerar
E aguentar o mesmo marido

Que eu devia ser mais submissa
E deixar pra lá esse orgulho a toa
Ainda que eu viva infeliz,
Pelo menos que com a mesma pessoa...

Só se eu for doida,
Só se eu for doida,
O que eu não sou.

Só se eu for doida,
Só se eu for doida,
O que eu não sou.

Músicas mais acessadas

Fotos (2)

Clipes (3)

Release

ANAJARA MARTINS GOUVEIA, desde os 14 anos, demonstrava na igreja que freqüentava seu dom para a música. Mas foi através do convite de um amigo para participar do ensaio de uma banda, chamada Alto Relevo, que ela começou a sua vida artística. A partir de então, a galega não parou mais, fez parte de várias bandas-baile do estado de Sergipe e grupos de forró como Cintura Fina, Zezinho da Ema e Menina Faceira. Contudo, foi na banda Mulheres Perdidas que ela ganhou mais notoriedade, principalmente com a gravação do primeiro DVD da banda, em Feira de Santana/BA. Uma das músicas mais marcantes que até hoje está na memória e no coração de muitas pessoas, inclusive da Ana é Eu me Rendo, canção essa que fez sucesso nos shows e ...

Continuar lendo>>