Músicas mais acessadas

Fotos (2)

Release

Conheci a Anabela Leandro há uns dez anos, em Campinas. Ela e o marido Edu de Maria organizavam uma roda de samba no quintal da própria casa deles, em Barão Geraldo, e o querido amigo, jornalista e compositor Bruno Ribeiro me levou para conhecer. Tudo era maravilhoso: as canções (a maioria era inédita ou raridade), a luz da lua, a gente amiga e fraterna que frequentava o local, os músicos, o caldinho de feijão que ela servia… O sucesso foi tanto que não coube no quintal de casa, e o Cupinzeiro acabou mudando de lugar. Ficaram na mente a beleza daqueles momentos e a voz da Ana. Tinha uma que ela sempre cantava, cujo nome esqueço agora, que dizia assim: "Sou do samba que sempre chama / ele não me abandonará…" ...

Continuar lendo>>