Al-QaldeRabisco4.369 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 3

    Rabisco

    Emerson Alcalde

    A operação age 3h00 da madrugada
    As gangues do spray estão na parada
    A ação noturna no beque ou na baforada
    Se eu não fizer outro vai fazer
    Não posso perder este rolê

    Eu to com a mina a policia vem em cima
    Abracei beijei ela
    nem perceberam, com mulher não da goela
    Pra ficar notório
    Vamos tomar o edifício de assalto pixatório
    Despista o zelador, dois ficam em baixo e três sobem o elevador

    Arromba a porta prepara a munição
    Na missão, não somos circenses não
    Mas fazemos acrobacia, se cair corre o risco de quebrar a bacia
    Lançando de ponta cabeça no pico, tipo trapezista do circo
    Liga toda a tribo, o plano foi cumprido perigoso e divertido
    Uma foto, um registro, pra provar que existe, acredite,
    Nada é impossível, o céu é o limite.

    Refrão: (3x)
    Eu to correndo risco fazendo o meu rabisco.
    Nas alturas vou deixar minha assinatura.

    Vamos se jogar e continuar o pixo
    Pega uma etiqueta e cola no lixo
    E bora mudar o caminho
    Beber rapidinho esse vinho

    Um deslize na expedição
    Tentaram inibir a ação
    Armaram uma tocaia pra gente
    Mas tamu EternaMente
    E não ligamos pra ameaças de denuncia aos delinqüentes
    ou de obstáculos arquitetônicos
    Eu subo lá e faço um vômito

    E deixo uma frase pra você
    Hô sua louca para de me olhar
    os vermes vão perceber e me prender por vadiar
    to sendo segurado só pelos tornozelos
    não sei se vou agüentar. Que gelo!
    É o alpinismo urbano
    Sujo. Sujo. Olha os home sai andando.

    Refrão: (3)
    Eu to correndo risco fazendo o meu rabisco.
    Nas alturas vou deixar minha assinatura.

    Agora pra confundir é cada um por si
    O Bang se separa, mas logo vai se unir
    A odisséia não acabou
    Ulisses comanda o show!
    Estilo uma epopéia de Homero

    Ocupando vandalicamente
    A construção que está na frente
    Não presumo o que pode ocorrer
    Parece que estou indo rumo a Ítaca, mas espera aí eu to no rolê

    Vagando, observando
    Cadê os manos? Já nos encontramos
    Não quero ouvir nenhum piu
    O prédio parece que ta vazio
    Não tem ninguém na portaria
    Não sei pra onde o vigia

    Não interessa não demora
    Pega o beiral. Sou eu agora
    Vixi! Dá uma olhada lá pra fora
    O prédio ta cercado
    Viaturas pra todos os lados
    Mais eu ainda não acabei, o que eu faço?
    Já sei antes de me entregar vou terminar o último traço

    Refrão: (3)
    Eu to correndo risco fazendo o meu rabisco.
    Nas alturas vou deixar minha assinatura.

    Músicas mais acessadas

    Fotos (6)

    Release

    Cia. Extremos Atos da Cooperativa Paulista de Teatro, criada em 2005 com o propósito de desenvolver uma pesquisa artística da arte periférica. Entendemos ?arte periférica? como toda forma de expressão artística concebida na periferia. Para isso, artistas do subúrbio de São Paulo, se reuniram com os mesmos ideais, tendo como mestres Bertolt Brecht e Garcia Lorca. Somos da mesma opinião do primeiro de que teatro é um instrumento de diversão e de instrução, e do segundo de que o teatro deve chegar até os bairros mais distantes e carentes. Optamos em trabalhar a difusão da linguagem popular com a erudita, na tentativa de criar uma ponte entre estes dois mundos com o objetivo de diminuir a distância que os separam. Fazendo um teatro preocupado com a nossa época e com ...

    Continuar lendo>>