Ingratidão

Luis Domingues/êdio Bilhalva

Ingratidão

Procuro no teu olhar
O que quer meu coração
Mais o que eu sinto no ar
É desprezo e ingratidão
Quisera estar em teus braços
Delirando de paixão
Estou lhe pedindo amor
E tu dizendo não

Meus lindos sonhos de amor
Estão morrendo ao nascer
Eu não devia te amar
Mais vivo para te querer
O amor é coisa engraçada
Difícil de compreender
Faz muita gente feliz
E muita gente sofrer

Se o meu destino é sofrer
Quero te ver livremente
Compreendi que não se manda
No coração de um vivente
Se eu pudesse mudar
Seria tão diferente
Se a gente que a gente gosta
Também gostasse da gente

Músicas mais acessadas

Fotos (20)

Release


Adriano Mendes , gaúcho da cidade de Maximiliano de Almeida, terra da Usina Machadinho, como filho de agricultor, comecei a cantar ainda criança, e foi num baile animado de gaita, violão e pandeiro ,onde todos se emocionaram com a voz daquele menino, quando pediram que cantasse a música ? Amor Distante? dos filhos de Goiás. A partir dali surgiu o trio com o título de ? Os três Morenos? trio este em que fazia parte, Doralino, hoje Nego da Gaita, radialista famoso na região, Néri Mendes de Araújo, meu primo irmão e Adriano Mendes.

Aos 18 anos de idade( 1977 ) vim para a capital onde trabalhei no IPA ?Instituto de Porto Alegre- Springer e Coensa .

Ao sair de meu trabalho em 1982, fundamos o Grupo ? Os Tauras do Ponche Verde? e posteriormente ? Grupo ...

Continuar lendo>>