Diagnosticado

Adolpho Guiroto

Mais uma vez que a gente tenta e não dá certo
Mais uma vez que a gente tem que dizer adeus
Talvez ainda não seja o momento
Talvez nunca foi pra ser

Mas o que tivemos me causou tormento
Me deixou noites sem dormir
Instabilizou meu comportamento
E você não tava nem aí

Agora vai dizer pra todos seus amigos
Que não funcionou porque não sou normal
Você nunca fez nada de errado
Eu que me portei como um animal

Agora vai dizer que sou transtornado
E todos vão achar que isso é real
Só porque sou diagnosticado
Não quer dizer que causei todo esse mal

Mais uma vez você age como se não conhecesse
A pessoa que um dia te fez sorrir
Acho que é melhor fingir que não sente
Do que confessar que age por sentir

Agora cada um segue seu caminho
Com um vazio imenso no lugar do coração
Mas eu que sou visto como bandido
Porque tomo minha medicação

Agora vai dizer pra todos seus amigos
Que não funcionou porque não sou normal
Você nunca fez nada de errado
Eu que me portei como um animal

Agora vai dizer que sou transtornado
E todos vão achar que isso é real
Só porque sou diagnosticado
Não quer dizer que causei todo esse mal

Mas agora vai
Vai dizer!
Agora vai
Vai dizer!
Mas agora vai
Vai dizer!
Tudo que eu fiz pra você

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (2)

Fotos (48)

Clipes (3)

Release

Adolpho canta desde os 15 anos na noite e mais recentemente vem trabalhando num projeto autoral solo. Foi integrante durante mais de 3 anos na banda SOS '96 - sucesso de acessos no PalcoMP3 e continua vocalista da banda Kako de Telha performando em variados eventos na região paranaense. Bota sua voz pra fora pra cantar qualquer coisa que sinta em forma de música. Suas composições refletem as ânsias de uma geração jovem que se sente deslocada em busca de um lugar pra si no mundo. Músicas como "Dias de Cão", "Fracasso", "Penumbra" refletem diretamente as ansiedades de uma mente caótica que traduz a dor em melodia.