Contrate

Não Vou Parar

Paulo Malária

Nos tempos da Eldopop
O bicho do rock mordeu
uma geração de malucos
assim o Acidente nasceu

Em cada varanda, garagem e bar
Mais uma banda a tocar
A festa estava montada
E não pararia por nada

Não vou parar
Não vou parar
O rock vai sempre rolar
Não vou parar

A grana levou ao poder
Meia dúzia de apaniguados
Viraram o astral pelo avesso
Fizeram do lado errado

A festa melou
O sonho acabou
O show cancelaram
O disco encalhou

Quebraram o que não construiram
Jogaram no lixo e sumiram

Não vou parar
Não vou parar
O rock vai sempre rolar
Não vou parar

No prog eu me refugiei
Porque é o melhor som que há
Razão pra viver encontrei
Deixei a borrasca passar

Ré Sol Lá chamou-me então
E volta a exigir seu quinhão
Pois tudo isso sempre foi meu
Anos setenta não morreu

Não vou parar
Não vou parar
Um dia o meu fim vai chegar
mesmo assim eu
Não vou parar uh
Não vou parar.

Músicas mais acessadas

Fotos (13)

Clipes (49)

Release

"NINGUÉM PEDIU" é o novo CD do ACIDENTE.

A banda foi formada em 1978 e desde então jamais encontrou seu estilo, sempre se reciclando. No início dos anos 80, o Acidente foi um pioneiro do BRock, lançando três discos de rock básico, blues e similares. A partir de 1989, mudanças radicais levaram a um novo Aça instrumental, de inspiração progressiva.

Com três décadas e meia de existência a banda é uma referência do underground carioca com uma trajetória sem deixar de nunca fazer sucesso.

Agora com o CD "NINGUÉM PEDIU", o ACIDENTE continua mergulhado nas águas lamacentas do Rock, com 25 composições inéditas e uma regravação.

Mais uma vez, o novo álbum conta com as letras fortes e irônicas de Paulo Malária em contraste com as faixas compostas por Helio ...

Continuar lendo>>