Jogos de Guerra

Helio Jenné e Raul Branco

O que me acorda na noite e me obriga a sonhar
É a luz, é a luz que vem do teu olhar
O que sufoca o meu peito
E me obriga a cantar
É a luz, a luz que vem do teu olhar
Jogos de guerra, jogos de amor
Nos arrastam por aí
E me levam um passo mais longe
Sempre a um passo de ti
E essa maldita canção
Que não me ouviste tocar
Arranca de dentro de mim
A saudade...

Jogos de guerra, jogos de amor..
Uhhh, ahhh ahhh

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (5)

Fotos (13)

Clipes (46)

Release

"NINGUÉM PEDIU" é o novo CD do ACIDENTE.

A banda foi formada em 1978 e desde então jamais encontrou seu estilo, sempre se reciclando. No início dos anos 80, o Acidente foi um pioneiro do BRock, lançando três discos de rock básico, blues e similares. A partir de 1989, mudanças radicais levaram a um novo Aça instrumental, de inspiração progressiva.

Com três décadas e meia de existência a banda é uma referência do underground carioca com uma trajetória sem deixar de nunca fazer sucesso.

Agora com o CD "NINGUÉM PEDIU", o ACIDENTE continua mergulhado nas águas lamacentas do Rock, com 25 composições inéditas e uma regravação.

Mais uma vez, o novo álbum conta com as letras fortes e irônicas de Paulo Malária em contraste com as faixas compostas por Helio ...

Continuar lendo>>