Discurso do Exmo.

Paulo Malária

Discurso do Exmo.
Bem-vindos ao Brasil Grande! Aqui, no início dos anos 70, sob o comando dos melhores, mais honrados e mais aptos a dirigir a Nação, vocês encontrarão um refúgio seguro contra a Aids, a internet e outras epidemias do futuro. Basta seguir algumas regras simples: é proibido falar a palavra "ditadura"; também é proibida a palavra "liberdade", por isso proibimos o Hino da República; é proibido falar mal do governo; é proibido falar mal; é proibido falar. Trabalhador é para trabalhar, estudante é para estudar, militar é para prender, bater, matar, pegar 200 bilhões de dólares nos bancos estrangeiros e deixar a conta para o civil pagar. Agora, se vocês são músicos, não têm talento para a caserna, se não sabem nem bater uma reles continência, sua obrigação é fazer música para engrupir o populacho. Lembrem-se de respeitar todas as proibições e de resto vocês são inteiramente livres. Façam músicas sobre o amor! O amor é tão lindo! Se ficarem com vergonha de falar de amor numa hora dessas, cantem em inglês! Mas se tiverem escrúpulos demais até para isso, então... então louvem a nossa terra. O chão infinito do nosso Brasil. Vamos, cantem!

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (5)

Fotos (13)

Clipes (46)

Release

"NINGUÉM PEDIU" é o novo CD do ACIDENTE.

A banda foi formada em 1978 e desde então jamais encontrou seu estilo, sempre se reciclando. No início dos anos 80, o Acidente foi um pioneiro do BRock, lançando três discos de rock básico, blues e similares. A partir de 1989, mudanças radicais levaram a um novo Aça instrumental, de inspiração progressiva.

Com três décadas e meia de existência a banda é uma referência do underground carioca com uma trajetória sem deixar de nunca fazer sucesso.

Agora com o CD "NINGUÉM PEDIU", o ACIDENTE continua mergulhado nas águas lamacentas do Rock, com 25 composições inéditas e uma regravação.

Mais uma vez, o novo álbum conta com as letras fortes e irônicas de Paulo Malária em contraste com as faixas compostas por Helio ...

Continuar lendo>>