A Canção da Rosa AtômicaNo morro1.923 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 7

Contrate

No morro

Valdir Esquina, Alan José e Paulinho

O morro
O morro é assim... só em quatro em quatro anos lhe dão importância.
O morro é assim... gente que sobem vestidos com suas promessas brancas.
O morro é assim... se fala em novos tempos mas quem espera só se cansa.
O morro é sempre assim...
Onde o abandono se mistura com a esperança.
O morro é coletivo de disparidades sociais.
É lá no morro é assim.
Onde a hipocrisia chega
Onde a esperança é negra.

Músicas mais acessadas

Fotos (55)

Release

A banda tem seu início em 2006 quando amigos se reúnem para ativar um projeto de música autoral. Suas influências vão desde o Clube da Esquina ao Manguebeat. O nome ?A Canção da Rosa Atômica? vem da percepção simbológica da rosa como algo presente na vida das pessoas, passando do ordinário ao extra, do simples ao complexo, do profano ao sagrado. Estes itens estão, de alguma forma, presentes na musicalidade e nas letras das canções da banda.

Atualmente ?A Canção…? está divulgando a sua Demo gravada
em agosto de 2010 e prepara a comemoração dos seus 5 anos de existência, que
será marcada com show previsto para o segundo semestre.

Contatos:
(81) 87315187
(81) 85941278
acancaodarosaatomica@yahoo.com.br