O Cavalo Eu Não Vendo

Paulinho Mocelin

Vou te contar meu compadre
Tamo na maior encrenca por causa deste animal
A nega véia reinando, diz que tá só incomodando
Coitadinho do meu bagual!

Fiz la nos fundo a cocheira dei um jeito nas goteira
Nem um pingo de água passa
Mas diz que junta muita mosca e um fedor de mijo
Tá loca, querendo ir embora de casa

E sem falar que essa semana
Gastei os troco guardado pros quinze anos da filha
Pra me trocar as ferradura o João Lima não tem frescura
Mas é cento e vinte pila!

Mas eu não vou vender o cavalo
Porque o cavalo eu não vendo
Vendo a casa e o terreno
Vendo até o piá mais pequeno
Mas o cavalo eu não vendo!

Fim de semana passada
Eu tinha sido convidado para um torneio de laço
Sem um pila na guaiaca
Me meti na moto-vaca só na confiança do braço
Fiz mais de cem inscrição
Mas na disputa a emoção de ouvir o grito do povo
Perdi minhas cinco vida
Tava de guaiaca lisa e saí devendo de novo
E sem falar que essa semana
Gastei os troco guardado pros quinze anos da filha
Pra me trocar as ferradura o João Lima não tem frescura
Mas é cento e vinte pila!

Mas eu não vou vender o cavalo
Porque o cavalo eu não vendo
Vendo a casa e o terreno
Vendo até o piá mais pequeno
Mas o cavalo eu não vendo!

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (2)

Fotos (86)

Clipes (10)

Release

Natural de Ponta Grossa-PR, Paulinho Mocelin, aos sete ganhou de seu pai uma gaita de oito baixos, onde já começou a criar suas primeiras melodias. Oriundo de uma região rural, a música gaúcha e sertaneja moldaram seu caráter musical.
Paulinho é gaiteiro, cantor, compositor, arranjador e produtor musical, tendo trabalhos de destaque no cenário da música do sul.
Tudo isso fez com que se tornasse um músico conhecido e respeitado no Sul do País, seu jeito humilde e carismático, conquista amigos por onde passa.
Neste novo projeto, ele leva aos palcos um pouco do que vive no seu dia a dia.