Contrate

Encilhando (AO VIVO)

Paulinho Mocelin

Tosei de cima pra baixo, deixando os lados padrão
Depois com a tesoura em pé, arrematei bem do meu gosto
Engraxei o sobrelátigo, que segura o travessão
Lustrei a alpaca do mango, fiz brilhar ficou um colosso
Como pelo deste picaço, calçado das quatro patas
Salgo do olho direito, malacara e bem franjudo
Coisa mais linda o cuiudo, vale umas trocentas vacas

Passei bem a raspadeira, acomodei o xergão
A carona e o basto ajeitei, pra apertar a barrigueira
No pelego bati a poeira e larguei sobre o travessão
O laço larguei amarrei nos tentos, peitoral prendi na sela
Botei o freio crioulo, a cabeçada e a rédia
Atei no último elo, a corrente da barbela

Agora tiro o chapéu e elevo o meu pensamento
Peço proteção divina e faço um agradecimento
Que o dia seja iluminado, que tudo saia a contento
Abençoe a campereada e me guie a todo momento

Essa é a vida de um campeiro, que rebrota a cada dia
Em cada nascer de sol, trotea sem se dar conta
Em cada pingo que monta, revive uma história antiga
Dos homens que aqui tiveram e defenderam este chão
Com garra e com coragem, de bombacha e de a cavalo
Por mais seco que fosse o pealo, nunca afroxaram o garrão
Nunca afroxaram o garrão, nunca afroxaram o garrão

Músicas mais acessadas

Fotos (86)

Clipes (10)

Release

Natural de Ponta Grossa-PR, Paulinho Mocelin, aos sete ganhou de seu pai uma gaita de oito baixos, onde já começou a criar suas primeiras melodias. Oriundo de uma região rural, a música gaúcha e sertaneja moldaram seu caráter musical.
Paulinho é gaiteiro, cantor, compositor, arranjador e produtor musical, tendo trabalhos de destaque no cenário da música do sul.
Tudo isso fez com que se tornasse um músico conhecido e respeitado no Sul do País, seu jeito humilde e carismático, conquista amigos por onde passa.
Neste novo projeto, ele leva aos palcos um pouco do que vive no seu dia a dia.