GilGil LimaMenino Autista (Sad Boy Version)8 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 10

Menino Autista (Sad Boy Version)

GilGil L. Tejo

Desde pequeno você vai pro recreio e tem seu lanche roubado
Te tratam a pontapés e vivem dando risada
Por ser diferente você é humilhado
E vai crescendo a mágoa pela sociedade
E vai crescendo a mágoa pela escolaridade
É aí então que me pegam nessa situação
Quebrando a regra dos bons costumes sem nenhuma noção
Mas fazer o que se essa é a educação que recebi de vocês
A realidade não me interessa
O mundo ficcional é tudo que me resta.
Em Terabítia talvez eu tivesse alguma chance
As garras do inimigo não estariam em meu alcance.
Menino autista brincando na chuva sozinho
Convencendo a bicharada a reconstruir o moinho.
E convenço sim, e convenço mesmo.
Sou o Aladdin, sou o Goku Moreno
E convenço dez, e convenço 100 vezes mais.
E se isso não for pra ler
E se quebrar a cara fazer a moral desenvolver
E se apertando os botões do controle aparecesse a resolução do esquema
E se aspirando o pó de pirlimpimpim pudéssemos fugir do problema
E se não existir, se não existir, se não existir
Não tem problema, podemos inventar.
Eu serei reformulado
De bom tom, de bom grado.
Eu serei reformulado
Muito em breve me chamará de namorado.
A mente sã em corpo são a se poder julgar numa sequencia revista e ampliada
Mais ou menos como a moça ‘’absolutle” na revista feminina que todos homens a desejam como namorada
Menino autista brincando na chuva sozinho
Convencendo a bicharada a reconstruir o moinho.
E convenço sim, e convenço mais
Sou um pedaço de pudim, sou um pedaço de queijo
E convenço 100, e convenço 200 vezes mesmo.
Eu tive medo, a vida moderna me deixou paranoico.
Eu tive medo, a Internet me deixou claustrofóbico.
Eu tive medo, o nerd torpe disseminando mensagens ad nausean como se fosse consistente.
Eu tive medo, o ciclo se fechando me condensando a centenas de micropartículas de maneira surpreendente.
Mas eu serei reformulado
De corpo inteiro, de corpo fechado.
Serei reformulado
Meus inimigos amanhã me chamarão de aliado.
Eu serei reformulado
Mais forte e mais equipado.
Tal como Fausto não me sentirei mais desamparado.
``Menino artista`` brincando na chuva sozinho
Convencendo a bicharada a reconstruir o moinho.
Mortal sofredor videando a luz que se aproxima.
Mudanças bem vindas desde que não seja porcaria.
O poder da concentração da mente.
Tradição milenar, tradição suplente.
Vence o vento que abala, o mantendo em riste.
A cura cabala, terapia matrix.
Se lê como se fala, se escreve ipsis litteris
´´Menino artista`` quer que eu te mostre o caminho?
Convencendo a bicharada a reconstruir o moinho.
E convenço sim, e convenço mesmo
Sou um gênio mirim, sou um cabeça de vento.
E convenço 100, e convenço mil vezes mais.

Músicas mais acessadas

Fotos (2)

Clipes (2)

Release

CD de estreia do GilGil Lima. Rock n Roll infantil, bubblegum, experimental, alternativo. Aqui as crianças sapecas terão sua voz rsrsrs.