Chico AiresMeu paraiso1.225 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 4

Meu paraiso

Chico Aires

Saudade de janauba do ar que lá se respira
Do meu tio idalino com seu jeitão de caipira
Diz que matou sete onças desconfio que é mentira
Do velho rio gurutuba onde desova as trairas
No alto a casa de taipa bem trançado com imbira
Com seu piso a vermelhado de cedro envernizado pra turma dançar catira

Pois esse meu paraiso fica nas minas gerais
Com suas matas nativa e nascentes fluviais
Uma fazenda bonita com plantações e animais
Tão grande que eu me perdia no meio dos cafezais
A barragem bico da pedra ao lado os canaviais

Meu pai que eu tanto adorava a noite ele me manda va vigiar os capatais
Deixei meu berço de ouro fui pra cidade estudar
Alcancei o meu sucesso na profição de cantar
Meu pai morreu em seguida mais minha mamãe querida sempre vou lhe visitar.

Músicas mais acessadas

Release

Natural de Acopiara-CE, Chico Aires desde cedo teve uma inclinação para a música e particulamente pelas poesias que contavam estórias do sertão.
Durante muitos anos foi acumulando muitas letras e poesias e agora gravou algumas delas em cd para mostrar para o grande público.