Asas LivresMachuca asas livres 71 3271 1000700.534 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 59

    Contrate

    SHOWMIX PRODUÇÕES E EVENTOS

    (71) 99250-8551 | (71) 3271-1000

    Perdoa

    Asas Livres

    Perdoa, por eu ter te escolhido, para ser pra sempre a minha companhia
    Perdoa por eu ter acreditado neste sonho todo dia
    Perdoa por eu ter te perdoado, na hora que devia te esquecer
    Perdoa por eu ter me preparado e me guardado pra você

    Perdoa, por eu ter te escolhido,para ser pra sempre a minha companhia
    Perdoa por eu ter acreditado neste sonho todo dia
    Perdoa por eu ter me declarado, na hora que devia te esquecer
    Perdoa por eu ter me preparado e me guardado pra você

    Eu te solto, eu não te prendo, eu te livro faz o que é preciso
    Eu não quero , eu não posso te obrigar a me querer na tua vida
    Desenganos, sei, acontecem, desenganos vão, desaparecem
    Eu não posso, eu não vou forçar a barra pra você gostar de mim

    Quem sabe amanhã talvez, quem sabe, quem sabe
    O tempo coloca tudo no seu lugar
    Se vou te esperar ou não, quem sabe
    Aquilo que tem que ser será

    Músicas mais acessadas

    Álbuns e Singles/EPs  (1)

    Fotos (31)

    Release

    A Banda Asas Livres ao contrario do que muita gente pensa surgiu a mais de 18 anos, tendo primeiro adotado o axé music como estilo, mais passou a ser reconhecida nacional e intercinalmente através do ritimo arrocha, que foi criado pelo então Dono e tecladista da Banda Jailton Barbosa, a mais ou menos 12 anos, sendo assim a primeira Banda de arrocha do mundo, após o sucesso da banda surgiram varios outros grupos aderindo ao estilo que engrandeceu mais ainda a Banda, hoje a Banda Asas Livres ainda leva multidões de fãs aos seus shows, mostrando carisma e romantismo para o publico de todas as idades que retribuem cantando as musicas que são sucesso como: Fica Comigo, Tudo Azul, Voa livre, Paixão que não tem cura, e tambem algumas regravaçoes ...

    Continuar lendo>>