AlarmesSer rio3.601 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 5

    Ser rio

    Alarmes

    Não há nada mais vivo que um rio
    Eu desconheço ser ingênuo o desencárnio de narciso
    O reflexo mostrou-se tanto e a todo sentido

    Que o rio é mais humano que muito ser vivo
    E nem por isso é necessário ser tanto difícil
    A mesma margem que a madura molha, jorra ao infinito

    E ao evaporar, um pedaço do rio
    Se lança e se laça em outro ciclo
    Mas nunca deixa de seguir seu fluxo contínuo

    Oh, iara. prima de iemanjá
    Cante seus segredos, me ajude a nadar
    Para que eu possa achar alguém para amar

    E amar e amar para sempre
    Pra ter na vida um rumo diferente
    Sem saber que irei me enganar

    Não há nada mais vivo que um rio
    Eu desconheço ser ingênuo o desencárnio de narciso
    O reflexo mostrou-se tanto e a todo sentido
    Que o rio

    Músicas mais acessadas

    Álbuns e Singles/EPs  (1)

    Fotos (3)

    Clipes (5)

    Release

    Pessoas aleatórias fazendo coisas aleatórias capazes de gerar sons aleatórios.