A Banca 021 & Kafé - Doce Ilusão

Macedo e Kafé

Dança pra mim, vem
Deixa eu te ver dançar
Pode ser a última vez que eu te vejo
E eu não vou voltar

Minhas intenções não são tão boas assim
Se proteja de mim
Quantos querem meu bem?
Quantos querem meu fim?

Às vezes a vida insiste em perder a graça
Mas eu tô cheio de tesão pra viver
Não vejo limites, é só o começo
Me sinto vivo, vim fazer valer

Teremos noites de pouco sono
Mas não me preocupo com isso!
É assim que se sonha
E hoje eu acordei pra tomar essa porra!

Talvez a gente ainda se encontre nessa vida
Quanto tempo falta
A vida parece me testar todo tempo
E eu entendo!

Mas o mundo conspira ao nosso favor
Não importa se vai ou não me dar valor
A hora que tudo fizer sentido
Você já vai ter me perdido

Eu e você na nossa casa, doce ilusão, né?
E ainda diz que me ama, e parece que não, né?
Solta minha mão, né?
Vê se vai logo então, né?
Pra ver se agora a gente aprende
Que por mais que a gente tente eu nunca fui como você amor

Doce ilusão, né?

E eu não sei mais se eu me lembro dos tempos contigo, cê sabe
Sorte que a minha memória pra isso é horrível, cê sabe
Esquece tudo que passou, já passou e não deixa saudade

Só quis uma atriz no filme da minha vida, mas não é você

Ela não quer sair tão cedo (tão cedo)
O que a gente tem feito (tem feito)
Vai ser nosso segredo (segredo)

Mas nada prende minha atenção
E eu volto pra nossa doce ilusão!

Cê não vai mais querer me ouvir
Mas o resto do mundo vai
Até que não vai conseguir mais me evitar como cê faz

Eu vou tá na frente da sua casa
Eu vou tá em todo lugar
Mas não vou te enxergar
Mesmo que eu te encontre não vou te enxergar

Eu e você na nossa casa, doce ilusão, né?
E ainda diz que me ama, e parece que não, né?
Solta minha mão, né?
Vê se vai logo então, né?
Pra ver se agora a gente aprende
Que por mais que a gente tente eu nunca fui como você amor

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (7)

Fotos (7)

Clipes (11)

Release

A Banca 021 nasceu no subúrbio carioca, formada por Ursoleone, Porto, GB e Carlos do Complexo, que desde a infância tiveram contato com uma mistura de gêneros musicais, como: Samba, MPB, Rock, Rap, Reggae e o batidão do Funk.

Através de suas vivências e carinho com a própria obra, os integrantes também atuam na parte de Design, Audiovisual e Marketing da própria banda, e junto ao talento de sua equipe buscam ter um papel de inovação dentro do mercado artístico como um todo.

Carregam consigo o movimento VAMU, que tem funcionado também como impulsionador de novos artistas, produtora e selo musical.

Lançaram seu primeiro disco experimental, denominado "GOLD", no final de 2014, mas costumam dizer que foi apenas um aperitivo, o melhor ainda está por vir.